Unção nas catacumbas

Na caverna não conseguimos ver muitas diferenças entre os habitantes. Rede wireless não funciona aqui dentro e é proibido instalar qualquer tipo de cabo, muito menos os que conduzem eletricidade. Usamos lanternas movidas a baterias. Não vemos muito as faces de nossos companheiros e companheiras e andamos quase como os cegos. Desse modo, pouco importa a roupa ou os acessórios de cada um, tão pouco o que eles trazem em suas pequenas sacolas. Nunca vi um diploma de quem quer que seja, nem mesmo de presidente, aquela coisa que qualquer um consegue. Só não é mais fácil do que o diploma de mestre em ciências da religião. Machos são os diplomados em Educação Física e Administração de Organizações Sem Fins Lucrativos, com mestrado em Educação. Infelizmente o pessoal da Renascer continua descendo a ladeira. Não entendo o envolvimento do Kaka com eles. Sabe quando Saul insistia em ser rei, mesmo tendo perdido a unção. Pois é, Kaka está sob as ordens de reis que perderam a unção. Estou falando sério. Eles a receberam pelas mãos de dois missionários, a saber: Tia Arlete e Eu, para nossa vergonha. Os dois receberam instruções para retirá-la e já o fizeram. Ninguém foi ungido para o lugar deles, ainda, nem o inocente Kaka e muito menos a simpática esposa dele. O bispo G, foi meu aluno no seminário e não tem minha benção tão pouco, o cara apostatou ao invés de apostolar. Outro dia, o Raniel deixou um recado no meu MSC (Messenger Celeste), para me preparar porque Deus me usará em novas unções. Acho que ninguém falou para ele (Deus) o quanto estou traumatizado com para esse tipo de missão. Principalmente depois de ver aquele templo todo caído em cima das pessoas. Se eles fossem grutenses, apenas, aquilo nunca teria acontecido. Grutas só caem quando os homens gananciosos as invadem para extrair ouro. Mas você sabe como é, se o homem ou o filho do homem mandarem, quem sou eu para discutir suas ordens. Espero que não seja outro adepto do Morumbi. Tá na hora de ungirmos alguém mais afeito às catacumbas naturais. Né não.

lousign