A Gruta do Lou

Ultrapassados de Deus

Estação Abandonada

Como diria meu filosofo predileto (palavras de Ruben Alves) o Nietzsche, é a “decadence”. Falo dos ultrapassados de Deus.

O aforisma está certo, “não é inteligente queimar vela nova com defunto velho”. Esses caras já eram. Se você faz parte da igreja deles, também está perdendo o ônibus espacial. O voo para o céu está partindo de outras estações.

Acorde, coisa que eles não serão capazes. Deixem a Globo brigar com o Bispo ou o promotor com o apóstolo e família. Essa gente adora gastar velas. Por acaso pode um cego guiar outro igual? Não cairão os dois no abismo?

Quando o Criador não queria unir os povos para evitar que eles se salvassem, espalhou-os pela terra dando a cada um uma língua diferente. Acontece que chegou a hora e o mesmo criador está permitindo a todos a possibilidade de falar a mesma língua.

Não é inglês, português, chinês, russo, alemão ou a língua dos anjos; é a língua da web. O Mark Zuckerberg, aquele do Facebook, juntou duzentos e cinqüenta milhões em menos de cinco anos e não tinha nenhuma proposta, a não ser juntar uns três mil alunos da escola dele, durante as férias, via web.

Qual é a nossa missão? Não seria anunciar o evangelho a todas as pessoas e cair fora? Agora isso é possível e nunca aconteceu antes. Podemos fazer isso rapidinho, antes mesmo de algum verdugo me impingir alguma nova perda. Imagino que os senhores e senhoras acima não estão com pressa alguma de deixar esse mundinho que eles ajudaram a estragar.

Fique tranqüilo, essa colagem é só um exemplo, nada pessoal, por mim acrescentaria mais alguns e cada um teria outros tantos a indicar. Se eu tivesse tido a competência e o talento deles, também deveria incluir minha foto nessa colagem. Mas minha mediocridade me salvou.

O fato é que o modelo deles passou sem nunca ter sido. Para facilitar, inaugurei uma causa no Facebook chamada “Cave For All” e mudei o título do blog, que em essência dá no mesmo. Cave é palavra inglesa para Gruta ou Caverna. A razão é obvia, dar a todos a chance de partir para a glória, embora o alvo seja só agregar todos os que já ouviram as boas novas de salvação, a única condição.

Não serão realizados pedidos de contribuições de espécie alguma, não haverá endereços, cultos, pregações chatas, falsa moral e muito menos contas a pagar. Aproveite, corra para lá e faça sua inscrição.  Entre no Facebook, se ainda não o fez. Como foi dito lá, a ideia do mestre era mesmo formar um templo com pedras vivas.

A nossa caverna é um local cibernético assim, formado pelas pedras vivas participantes. Em cavernas não  existem paredes, tetos, ventiladores, telões e toda essa parafernália infernal, só pedras e pedras vivas, vivificas pelo evangelho, quer queiramos ou não.

No blog, as pessoas ainda podem ter algumas restrições a mim e minha idéias, uma causa inclusa em uma rede de relacionamento, no caso a número um do momento, não terei esse privilégio.

De qualquer forma espero, ao menos, levar alguns a reflexão sugerida por essa ideia.

6 thoughts on “Ultrapassados de Deus

  1. Por fim algo que dá para ler e relaxar…cansei de se a Globo está de mal com a Record, cansei de ver as fotos do que para macedo é luxo, nem disney seria capaz de tanto malgostodesgosto, cansei da tornozeleira da bispa/o, cansei de ver cifras que mais parecem um PIB que uma esmola, cansei de despesas em vigens “missionários”, do dobro, do triplo, de mais gera mais, Chega!!! Não existem, nem para mim, nem para ti, e importante, para Deus, vira o rosto de tanta mediocridade.
    Na cave o vinho é que é melhor !!!!Abrçs.

    Essa (do vinho) é uma certeza. 🙂

  2. LOU !!! VOCÊ É O CARA !!!

    Como eu já tenho a minha carteirinha de sócia remida na gruta, automaticamente estou dentro dos novos contextos, né não?

    Pode apostar que sim!

  3. Lou, suspeito que ultrapassados estamos todos nós. Não só não conseguimos acompanhar o frenético ritmo das coisas, como nossas ideias e atitudes são de outros tempos, por mais modernosos que sejamos. Ninguém, mais precisamente, está adiante do seu tempo. Somos todos obsoletos. Todos.

    Sabe, relutei com a possibilidade de acrescentar minha foto entre as outras. Mas além de não ter o perfil necessário, mesmo que fosse um pastor, não daria para ser acrescentado pela diferença de competência. Esses são infinitamente mais competentes do que esse escritorzinho mixuruca de blogs meio exóticos.

  4. Pingback: Lou Mello
  5. Pronto, taí um motivo plausível pra o obsoleto aqui criar uma conta no Facebook. Afinal de contas, não tomar partido entre Globo e Record, não é ficar em cima do muro, é descer do muro, deixar o jogo. Cave, não haveria lugar mais propício.

    É isso aí!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *