A Gruta do Lou

Trair a qualquer hora

Então Satanás entrou em Judas Iscariotes, um dos doze discípulos. E ele foi falar com os sacerdotes principais e capitães da guarda do templo para discutir qual o melhor jeito de lhes entregar Jesus. Todos ficaram muito satisfeitos, naturalmente, de saber que ele queria ajudá-los e lhe prometeram uma recompensa.”

Lucas 22: 3 a 5 Bíblia Viva Edição Especial para o Exército de Salvação

Essa experiência fatídica de meu amigo Jesus da Galileia me enche de medo e perplexidade. Pô, se traíram o mestre, quanto mais um mero mortal como eu.Toda vez que leio esse texto, e não foram poucas, fico pensando no que fez esse imbecil excomungado: O cara traiu a Jesus, o filho de Deus!Fui traído muitas vezes na vida e ainda não me livrei de voltar a ser traído, pois só a morte me libertará desse mal tão letal . Não estou me referindo às traições medíocres motivadas por sexo e infidelidade conjugal. Tampouco estou tratando da chave cultural encontrada por Don Richardson em uma tribo da Nova Guiné, que lhe permitiu destruir a rica cultura daquele povo com o evangelho místico e pobre dos norte americanos, conforme está relatado no livro do próprio, “O Totem da Paz”, uma pérola missionária (sic). Também não estou tratando das traições nossas de cada dia, aquelas pequenas atitudes traiçoeiras que você eu cometemos contras as pessoas que mais amamos, mas não desejamos vê-las nos superando, seja lá no que for. Refiro-me às traições masters, aquelas capazes de tirar o piso debaixo de nossos pés, cujo pior momento se dá quando você é pego com as calças na mão, na presença das pessoas erradas.As piores traições que experimentei foram denominadas pelo mesmo método com que denominam os furacões. Dou-lhes o nome do imbecil traidor (a). Geralmente, a traição visa desmoralizar a vítima. O autor do evangelho, esse tal de Lucas, acreditava em diabo e, para ele, a idéia do chifrudo era desmoralizar nosso Mestre. Penso que ele foi feliz em seu intento, estou falando do diabo. Quando nos decepcionamos com Deus, a primeira prova soprada por ele, até hoje, em nossos ouvidos esquizofrênicos, tratando da ineficácia de Jesus enquanto salvador, é o fato dele ter sido traído por aquele psicopata da Judéia, cuja conseqüência foi o trágico final que todos nós conhecemos. A melhor lorota já inventada foi aquela que da conta da amizade de Judas para com o Mestre e de que ele seria o verdadeiro discípulo amado do Nazareno e não o fiel e tolo João.Mas as traições são sempre assim. O traidor sai com a coroa na cabeça e o traído pregado na cruz da humilhação. Essa bobagem dando conta do auto enforcamento de Judas não me convence. Além da grana, ele saiu como o tal. Das duas uma, ou é uma grande mentira (mais uma) inserida no texto canônico, a fim de ludibriar incautos como nós, ou Pedro e o resto da turma, cuidaram para seu assassinato parecer um suicídio. O cara não iria se matar justo quando conseguira fama, aprovação dos maiorais da Judéia e um monte de dim dim no bolso. Fora o prazer de ter traído a ninguém menos do que ele, o Galileu, filho do Homem.Gente simplória como eu é prato cheio para os traidores. Eles se aproximam e se tornam amigos, amigos mesmo, durante um tempo, até o dia que lhe traem de forma tão contundente que chegam ao extremo de sairem como heróis, enquanto você fica como o vilão crucificado, por cima de tudo. Sem falar nas coisas que lhe roubam, entre elas, o emprego em alguma missão multinacional seu posto mamata em alguma prefeitura ou seu negócio rentável, entre outras.Para trás de mim Satanás!

3 thoughts on “Trair a qualquer hora

  1. Pingback: Lou Mello
  2. Certa vez, Jesus disse que no Reino dos Céus, iria haver 12 doze tronos, e os 12 apóstolos julgariam as nações….Judas tá dentro dessa lista, será? Ou seria Matias…escolhido depois que os apóstolos tiraram sortes!?

    Abraço Lou

    Bom, essa é uma pergunta típica da interpretação literal. Doze é um número relativo, como são todos os números bíblicos. Com certeza, Judas e todos os seus seguidores não julgarão ninguém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *