A Gruta do Lou

Surpreenda

Antecipação
Antecipação

Em seu excelente livro “Em seis passos o que faria Jesus”, no passo dois (Faça o que os outros não esperam), Paulo Brabo nos ensina que se requer que sejamos, como ele (Jesus) em tudo inclassificáveis e inesperados.

Chama-me atenção, seguindo esse raciocínio de inigualável sutileza, que Jesus cumpriu essa norma muito além do inesperado, especialmente quando o foco era a necessidade financeira das pessoas à sua volta. Nesses casos, nosso mestre nazareno não deu moleza, antecipou-se sempre a qualquer solicitação, dando a impressão que não desejava ver ninguém rastejando a implorar-lhe ajuda financeira.

Jesus surpreendeu seus amigos quando eles o encontraram junto ao mar ao retornarem de uma pescaria de ofício, absolutamente frustrada por não terem pescado nada e, inesperadamente, lhes ordenou que tornassem a jogar as redes, ali mesmo próximo à praia e o resultado foi a maior pesca da história daquele país. Não só o barco de Pedro e André, mas encheram de peixe todos os barcos nas redondezas, a ponto de quase irem a pique de tão cheios.

Noutra oportunidade, Jesus mandou seus discípulos alimentarem a multidão que há dias os seguia sem nada ter para se alimentar. Foram fartamente supridos e ainda armazenaram as sobras em grande quantidade. Essa iniciativa teria se repetido mais uma vez, ao menos.

Percebendo a ansiedade de Pedro quanto à necessidade de pagar o tributo a Cesar, Jesus providenciou o dinheiro para que seu discípulo pagasse pelos dois, o dele inclusive.

Em nossa cultura ocidental, muito influenciada por religiões onde a orientação é esperar que o necessitado solicite, demonstrando grande sofrimento e dor pela escassez, a orientação de antecipação ao pedido, de surpreender com gestos inesperados pelos necessitados, é surpreendente e inclassificável. Coloca o necessitado em primeiro plano e o doador na categoria de coadjuvante.

Não sei quantos de nós, falo de todos que gostam de se denominar cristão, já adquiriu esse hábito de antecipar-se às necessidade materiais das pessoas que nos cercam com ações de suprimento inesperadas e imprevistas. Mas posso assegurar, com a mais absoluta certeza, se não for por outra razão, como eliminar possíveis constrangimentos e humilhações ao pedinte, você sentirá o maior prazer em presenciar a gratidão e espanto estampado nas caras das pessoas.

Experimente essa sensação maravilhosa ainda hoje, talvez agora mesmo.

morcego-12

2 thoughts on “Surpreenda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *