A Gruta do Lou

Sinais do Caminho

tsunami_JapãoTsunami (maremoto) no Japão

Grande parte das pessoas cuja busca pelas soluções inclui solicitar um help divino, entre outras dificuldades, experimenta frustrações relacionadas às suas expectativas. Seria o máximo se nossa relação com o Pai de Jesus fosse igual a dele próprio. Seria um tal de morro para lá e morro para cá sem fim. Alguns crentes pentecostais (que creem nesse tipo de relação com Deus) andaram afirmando que se houvesse algum japonês cristão no Japão, semana passada, o recente Tsunami teria virado tsuninho ou marolinha.

Na verdade, os pentecostais também são frustrados em seu relacionamento homem-Deus, talvez muito mais, do que os cristãos menos intensos. Pessoalmente, gostaria muito que as crenças dos pentecostais fossem as mais acertadas. Sem dúvida, ainda estaria caminhando com eles. Depois de passar por várias experiências, de diversas matizes teológicas, os pentecostais foram os que chegaram mais próximos de me convencer da existência de um Deus nos moldes bíblicos, ou mesmo de que a Bíblia contivesse algo de divino em seu escopo.

Não estou me assumindo como ateu, “pera lá”. Creio na existência de Deus e consigo ser inspirado por textos bíblicos, sem dúvida. É que para mim, Deus tem milhares de desenhos diferentes, quase um para cada cabeça, e a bíblia, além de seus próprios problemas devidos à toda manipulação clérica ao longo da história e que está muito longe de terminar, está repleta de mitos e inserções contingenciais. Talvez por ser mais retardado do que a maioria, não consigo conceber uma imagem de Deus.

Quem teve um pai legal, presente, amigo, etc., como a Ana Paula Valadão, quando pensa em Deus, vê o próprio pai, coisa impossível para mim. Os católicos, nesse caso, levam grande vantagem sobre os protestantes, pois eles têm pai em mãe quando se trata de ter um deus. Para mim daria no mesmo, pois a imagem de minha mãe jamais apareceria quando uma imagem de nossa senhora fosse solicitada ao meu subconsciente.

Esta manhã, durante meus minutos de reflexão espiritual, (chic né?) estava pensando nessa falta miserável de uns milagres na minha vida, e olha que já experimentei alguns, imagine quem nunca percebeu esses fenômenos em seus dias. De repente, lembrei dos sinais do caminho, outra vez. Não sei se isso tem a ver com a idade, pessoal aqui em casa morre de medo que eu caia por aí, e isso me deixa desconfiado de que ando com cara de velho gaga, embora me sinta bem, muito bem.

Entretanto, dou a mão à palmatória quando o assunto diz respeito à memória, pois esqueço muito mais do que gostaria. Inclusive, um monte de gente que me traiu ou me passou a perna ao longo da vida, hoje fala comigo como se nada disso fosse fato, certo de que esqueci, ou então me acham misericordioso, o que seria, pelo menos, mais agradável.

Se você pensou que eu iria explicar o que são os tais “sinais do caminho” danou-se. Não porque meu contrato com a Globo me impeça. Nós dois sabemos que não tenho e jamais teria contrato com essa gente má. Mas entendo que essa expressão é auto explicável, ou seja, não tem mistério, você e eu precisamos aprender a ler ou escutar os Sinais do Caminho, sobretudo depois de alugarmos as orelhas de Deus com nossas petições, orações, rezas, wharevis.

Ok, para não parecer mais rude do que sou, ai vão umas dicas: Deus adora nos falar por meio de crianças, não apenas aquelas pessoinhas pentelhas que as pessoas levam ao supermercado para poder usar o caixa especial e passar na frente dos outros, mas todas as pessoas com mentalidade infantil, acho que você me entende. Sabe aquelas que desprezamos mais, que tratamos como se fossem mentecaptos, então, essas mesmas, Deus tem um senso de humor inimaginável, acredito, pelo menos comigo, é sempre nessa base. Outra dica, quando você menos espera, uma cena de um filme de TV, irá te arrepiar de cima a baixo, muito mais do que seria normal, batata, é o velhinho.

Bom o resto é com cada um porque Deus detesta regras, scripts, rotinas, livros numerados, liturgias, STFs, e todas essas perdas de tempo. Com ele é mais na base do arroz com feijão mesmo, e Ele tem a manha de descer ao nível de cada uma de suas vítimas.

Capricornio PB

1 thought on “Sinais do Caminho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *