A Gruta do Lou

Rescaldo de Natal

Festa da comilança do bolo – Moóca – São Paulo

Ainda estou em dúvida sobre o que seria esse trem chamado natal. Se fosse mesmo a comemoração do nascimento do menino Jesus e, de quebra, levasse as pessoas a refletir sobre esse fenômeno e, talvez, ao extremo de provocar o nascimento do menino Jesus em cada coração, seria grande.

Poderia até ser aquele negócio que os norte americanos copiaram dos noruegueses, com Santa Claus, trenó, renas e, acima de tudo, presentes, desde que eles fossem dados a todos, no mesmo nível. Acho ridículo, na verdade me constrange, esses papais noeis de ocasião levando presentes aos “pobres”, como são pobres mesmo, então qualquer porcaria serve. É um tal de dar carrinho requenguela e boneca de quinta, acompanhados com refrigerantes de marcas que eu nunca ouvi falar, nem o mineirinho (um supermercado próximo de casa que de super só tem a falta de educação do dono) dispõe para a venda. Esse ano, não mostraram, pelo menos, não que eu tenha visto, aquele “empresário” da Mooca – São Paulo, que todo ano manda fazer um bolo de uns 100 metros de comprimento para “dar aos pobres” o que proporciona um dos espetáculos mais bizarros, jamais visto, só perde para aqueles idiotas que correm na frente dos pobres touros assustados e mutilados, na Espanha.

Do que tenho visto, o natal é uma época onde todos os sortudos e protagonistas saem de férias, afinal só ficam os azarados e os coadjuvantes. Todo mundo entra em plantão e quem os faz é gente de segunda tipo médicos residentes, sub-gerentes, sargentos, vice isso, vice aquilo, esposas, nem o mineirinho estava trabalhando nesse natal, a mulher dele é que estava no comando. A grande novidade é que o Papai Noel decidiu passar a batuta, digo, o saco para o vice Papai Noel e, claro, foi um caos: o dia já havia amanhecido e o saco ainda estava cheio, com todo respeito.

Nós, os grutenses, temos horror a natal. Não tem dia pior que esse para evidenciar o quanto somos medíocres. Neca de presentes, nem para os mais queridos. Ceia só se a mulher for prudente o suficiente e tiver economizado tostões para supri-la. Nesses dias, passamos o tempo todo sofrendo, imaginando o que nos espera nos dias que virão. Pior é que, entre o Natal e o Ano Novo, não acontecerá nada, afinal quem decide está de férias. Então, se nos dias normais é difícil arrumar trabalho, bicos, etc…, nesses dias é impossível.

Engraçado é acompanhar o desespero dos repórteres correndo atrás de notícias. Eu sempre pensei que notícias resultavam de acontecimentos e não algo que fosse necessário produzir, fabricar e até inventar. Uma graça. Ainda bem que houve um incêndio meio mandrake no Hospital das Clínicas, com doentes graves espalhados para todo lado, uma farra, e os coadjuvantes tiveram alguma chance de mostrar serviço.

No mais, é aquela lesma lerda de sempre. Ah! Os pastores também estão em férias e os co-pastores estão de plantão, caso você necessite de alguma oração ou algum sábio conselho, e não quiser serviço de segunda, aguarde até o fim de janeiro. Quem saiu de férias, também, foram os donos dos blogs e sites mais lidos. Um blogueiro menos ilustre, como esse que vos escreve aqui, subiu um texto baseado em um protagonista que usa o pseudônimo de Paulo Brabo. Deixa o Paulo ver essa, apesar de que, ele parece ter saído de férias e deixado os posts programados para irem subindo automaticamente. Um dia eu chego lá, também.

Só me resta aguardar o feriado de ano novo. Negócio é aproveitar esse tempo e escrever, todos os dias textos recheados de sexo e violência, puxados em molho cult e de esquerda. É uma chance boa para ganhar alguns novos leitores que em dias normais, gastam o tempo lendo as bobagens que os protagonistas escrevem e não tem tempo para blogs de segunda como este. E viva o Natal.

4 thoughts on “Rescaldo de Natal

  1. Oi Lou… eu to aqui … lendo lendo e relendo todos os dias , enquanto o maridão vai surfar com os filhotes, a mamis aqui vai pra cozinha preparar o macarrone e pro PC… afinal, se eu for a praia nesses dias de temporada (essa cidade fica insuportável) é bem capaz de chamarem o IBAMA pra me desencalhar…to quase uma Orca.. heheheee… esse ano emagreço (quem sabe começo na segunda…OPssss… segunda é meu aniversário .. vou ter que comer bolo… então começo no ano novo _ falei a mesma coisa ano passado ) mas estou aqui.
    Abraços para todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *