A Gruta do Lou

Os três grandes grupos da humanidade

três grupos

A história e a nossa própria passagem pela vida nos permite constatar a existência de três tipos de pessoas, concentrados em seus grupos afins.

No primeiro grupo poderíamos classificar a grande maioria das pessoas, formado pelo pessoal imbuído de cuidar de seus próprios interesses ao longo de seus dias. Seria o grupo dos desagregadores. Na escola, eles tratam de tirar suas boas notas, manter-se equidistante da turma do fundão (geralmente onde se localizam os alunos relapsos) e próximos aos professores, pois isso sempre ajuda a melhorar notas e conceitos. Quando chegam ao tempo de assumir suas próprias vidas, tratam de conseguir um bom posto de trabalho, fazer um casamento adequado, colocar alguns filhos (dois na média) no planeta e dirigi-los ao mesmo estilo de vida. Costumam dar esmolas e ser bons dizimistas em suas igrejas, se bem, que boa parte deles, prefere ser religioso adepto de algum movimento ateísta ou que tenha algum deus mais ortodoxo, desses que cultiva regras bem rígidas. Quando terminam seu tempo por aqui, geralmente cheios de dias e gordura, seus corpos são enterrados na cova da família lá no cemitério do Morumbi (bairro das perdidas ilusões) ou seu similar em qualquer cidade do globo, e ponto final. Na lápide, a inscrição: “Aqui jaz Zé (ou Maria) Medíocre, um cara que não foi mal nem bom, nunca arriscou além da conta e muito menos, correu qualquer risco desnecessário”.

No segundo grupo, classificaríamos uma imensa minoria formada pelas pessoas que vem à vida para aglutinar as pessoas. Na escola parecem uns zumbis, aparentando nenhum interesse pelo que a escola oferece, a não ser a possibilidade de reunir as pessoas, seja em torno de algum ideal ou, até mesmo, algum tipo de festa. Geralmente desistem da escola muito antes de chegar perto de algum tipo de diploma. Continuam vivendo para juntar as pessoas de algum jeito. Entre esses poderíamos destacar gente como Jesus Cristo que, sem qualquer tecnologia, conseguiu formar a maior Rede Social da história da humanidade, que subsiste há mais de dois mil anos e é grande frustração do Zuckerberg (Facebook) já conformado que sua redezinha não sobreviverá nem a presente geração. Falando nele, outro membro desse grupo dos aglutinadores, ninguém mais conseguiu aglutinar mais gente do que ele, na presente geração, e dificilmente haverá alguém a superá-lo. Gates e Jobs gostariam muito de ter vendido seus produtos a tanta gente como os participantes do FB. Eles próprios, também fazem parte desse grupo, ainda que tenham tido fins do tipo consumista, aglutinaram muito mais gente que você ou eu. A história registra outros nomes como Gandhi, Martin L. King, Nelson Mandela, Buda, Lula, Maomé, Paulo Coelho, J. K. Rowling, Beatles, Michael Jackson, Francisco de Assis, Agostinho, Obama e tantos outros.

No terceiro grupo, do qual faço parte, certamente, estão os que não fazem parte de nenhum dos dois primeiros grupos. Gente que não agrega e nem desagrega, muito pelo contrário.

morcego-12

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *