A Gruta do Lou

Os Arcanos das Palavras divinas…

Quando poderei eu, com a língua da minha pena, enumerar todas as Vossas solicitações, terrores, consolações e incitamentos com que me introduzistes a pregar a Vossa palavra e a distribuir a Vossa doutrina ao Vosso povo? Mesmo que fosse capaz de as anunciar por ordem, cada gota de tempo me é preciosa.

Desde menino que anseio ardentemente meditar a Vossa lei e nela confessar-vos a minha ciência e imperícia, os primeiros alvores da iluminação da minha alma e os restos das minhas trevas, até que a minha fraqueza seja absorvida pela Vossa fortaleza.

Não quero gastar noutras coisas as horas que me deixam livres as necessidades de alimentar o corpo e de repoisar da contenção do espírito. Gastarei nisso os momentos livres dos serviços que devemos aos homens e dos que lhes prestamos sem lhos dever.

Confissões de Agostinho, Livro XI, Os Arcanos das Palavras divinas

Capricornio PB

2 thoughts on “Os Arcanos das Palavras divinas…

  1. Pingback: Lou Mello

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *