A Gruta do Lou

O Blog e a dor


Vejo todos fazendo um grande esforço para preparar boas postagens. Fazem pesquisa, visitam inúmeros Blogs e Sites, remexem a biblioteca, a discoteca e a filmoteca (ou videoteca). Tudo em honra a essa recente e prazerosa atividade.

Sento-me e ataco as teclas. Minha vontade é compartilhar dores profundas e sentimentos pessoais.

Preciso falar para incentivar meus amigos visitantes a não sentirem a solidão dos sofredores. Estamos juntos nessa.

O legal do profeta é sentir as dores primeiro, como o professor estuda a matéria antes da aula e o artista decora o texto antes do ensaio geral.

Quando entro em minhas aflições e me sinto tentado a pedir a Deus para me livrar delas (e frequentemente caindo na tentação) sei que, após mim, estão em aflição milhares e suas orações estão calando o espaço celestial de forma insuportável. São as tais ovelhas sem pastor. Quem será enviado para consolar estes corações.

De novo sofro as aflições. Rejeição, solidão, desamparo, dor, incompreensão, traição e limbo. O sentimento do Criador em doses infinitamente menores, mas insuportáveis. Como pode alguém servir sem sofrer? Que linda inocência.

De qual Blog poderia eu copiar bálsamo para minha sina? Em qual Site encontraria respostas para a ausência de Deus e a ineficácia da Igreja?

Não quero perder meus queridos e nem os meus parcos bens. Mas, como nosso companheiro Jó, sentiria menos a dor se Ele estendesse um único dedo em minha direção, hoje.

Em qual Blog está a luz de Deus? Cadê a verdade? E a vida?

Não foi em uma gruta que ele surgiu? Homem de dores. Senhor dos Senhores. Príncipe da paz.


8 thoughts on “O Blog e a dor

  1. No blogue “Venham a mim todos os que estão cansados e oprimidos e eu vos aliviarei”. O fardo de Deus é leve.. se está pesado não vem dele, meu irmão, somos nós que insistimos em carregar sozinhos… Tou contigo, tu sabes! Na tua dor, no teu lamento, na tua gruta.. mas olha pra fora dela! 🙂 DTA

  2. Lou… gostei muito do que escreveste. Identifico-me, é só o que posso dizer.

    Um abraço!

  3. Deus parece que passou no meu blog outro dia, mas ele é muito recatado e não deixou comentário nenhum. Esse Deus… sem comentários.

  4. Ah, mas está mais do que na hora de eu começar a consultar livros, filmes, outros blogs para poder enfim postar algo que preste, se não, sabes como é, posto aquelas coisas horripilantes que figuram aquele que é meu, né?

  5. Ah!
    O Paulo disse que Deus passou pela Bacia e não deixou nenhum comentariozinho, mas é porque ele não conhece os mandatários dos oráculos divinos que estão por aí asseverando que o que dizem é a “palavra” de Deus!
    Eles costuma usar outros nomes como “ortodoxia” e coisa e tal… e dizem que estamos “relativizando a verdade” devido às influências da “pós-modernidade” e da esquerda e do comunismo…
    Segundo eles Deus é da direita, gosta das coisas ordeiras…
    Parece que Ele não frequentaria lugares como a Bacia ou a Gruta…

  6. Subscrevo cada uma das palavras porque me identifico com elas!
    Nascemos na gruta com Jesus e ás vezes escondemo-nos nela como David ou descansamos como Jesus na tumba, mas depois: Levanta-te e anda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *