Não faça parceria com o Capeta

audrey_hepburn

Audrey Hepburn

Por Lou Conselheiro

Devido aos milhares de E-mails recebidos, contendo a mesma pergunta, resolvi escrever este post para responder a todos, de uma só vez. Vocês estão com a curiosidade aguçada para saber como foi meu primeiro mês no Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente de Sorocaba e, além de considerar esse interesse normal, agradeço o carinho .

A maioria dos leitores da Gruta tem origem evangélica. Assim, sem querer, acabamos abordando temas teológicos de uma forma sectária. Mas a intenção não é essa.

Bom, vamos ao que interessa. Logo na segunda semana dos trabalhos, o atual presidente se estressou todo comigo. Imaginem, sou um senhor no auge da meia idade e vem lá um jovem e começa a gritar comigo. Claro que não dei razão para tanto. A não ser que ele tenha se incomodado por eu fazer uma ou outra pergunta, aqui e acolá. Fiquei com vontade de exercitar boxe com o mancebo. Ainda bem que ele foi prudente, depois da imprudência, e retrocedeu até o pedido de desculpas, se bem que, as testemunhas já não estivessem presentes.

Eu e essa minha insistente mania de fazer as perguntas que não devem ser feitas. Coisa de um autêntico pateta. Nessa altura eu já fazia parte de duas comissões. Pensei bem e resolvi assumir minha condição de suplente. Retirei-me dessas comissões, então. Não colaborarei com nada que eu não acredite, nem mesmo para discordar.

Minha missão é apoiar pessoas. Sou bom nisso. Tenho o Projeto Coração Valente para tocar e estou decidido a fazê-lo com recursos privados. Sempre defendi essa postura. Ainda não consegui uma única doação, mas estou decidido a trabalhar duro nisso. Disse à dezenas de pessoas representantes de organizações não governamentais, cristãs ou não, em diversas oportunidades, façam o possível para caminhar com as próprias pernas e evitem as verbas públicas. Quero ser fiel às minhas convicções. Os seminários OK ajudam as pessoas e suprem um pouco de minhas necessidades. Quem sabe não chegará o dia em que eu possa ser o melhor contribuinte do Coração Valente?

Além do mais, já passei da idade de dar porradas nos imbecis necessários da vida. Agora preciso exercitar meu lado mais compassivo e longânime. Certamente, esses caras encontrarão outros imbecis mais jovens para socá-los. Prometo evitar as perguntinhas indesejáveis. Só não renunciarei ao meu direito inalienável de viver bem humorado e fazer minhas ironias. Mesmo porque, a maioria nem percebe que as faço.

De fato, não temos como unir a luz e as trevas. A opção de dar as mãozinhas para o tinhoso é deles. Que se danem. Espero que a luz de Cristo brilhe em mim de forma ofuscante e lhes cegue. Assim eles ficarão como aqueles senhores gays de Sodoma andando a esmo. Mas eu mesmo não pretendo fazer nada, a não ser, minhas palhaçadas, habituais. Também, abrir mão disso seria pedir demais.

Melhor andar só do que mal acompanhado. Bíblia segundo Lou Mello.