A Gruta do Lou

Minha Dívida

terça-feira, Agosto 15, 2006

Atendendo ao desafio do Volney, assinalei os meus lugares conhecidos e obtive 14%. Assim, minha dívida, em termos do que ainda resta conhecer está em 86%, pouco menos que meu mentor. Vale lembrar, que seria bom incluir um retorno a alguns desses países, para poder afirmar que os conheço, de fato. Sou mesmo um grande ignorante.

create your own visited countries map
or vertaling Duits Nederlands

lousign

6 thoughts on “Minha Dívida

  1. Pô, o cara é viajado. Nem me dou ao trabalho de levantar o meu, já que Paraguai e Bolívia naturalmente não contam. Estou, como dizem os nortistas (americanos), “in awe” com sua internacionalidade.
    # posted by Paulo Brabo : 8/15/2006 1:15 PM

  2. Como diz o Amir Klink: “Um homem tem que andar” e “dar valor ao seu porto seguro e às pessoas que esperam sua volta”. Recomendo a leitura de Mar sem fim, dele. Não é uma obra literária, mas emociona com grandes verdades. Ainda vou escrever sobre esse cara, um brasileiro como poucos.
    Se pudesse, andaria muito mais, mais mesmo.
    # posted by Lou : 8/15/2006 1:32 PM

  3. Puxa!!! Fiz o teste e deu 5%…! Tenho ainda 95% deste mundão para conhecer! Xiiii..!
    # posted by Vilma : 8/15/2006 2:16 PM

  4. Bom, como já deves saber, nunca ultrapassei as fro0nteiras brasileiras( a quantos por cento isto corresponde?), mas aí tenho notícias deste mundo ativo, que está aí.
    E ei, entre cauê, cuará e luca, eu devo dizer, votei em trombadinha para mascote do Rio. Viu que perigos corre quem quer correr mundo? Morte em copacabana poderia ser livro de E.A. Poe, versão de Morte em Veneza, de T. Mann.
    # posted by Lux Luxo : 8/15/2006 5:57 PM

  5. Como disse o poeta, a morte caminha ao lado da vida. Essa história começou com o Volney, mas ele tinha as informações e usou-as. Achei legal publicar e multiplicar esse teste. Acredito na importância das viagens, das múltiplas culturas e do saber. Se bem que, minha experiência missionária foi quem mais contribuiu para essas andanças. Creio ter sido salvo da morte em muitas oportunidades e lugares diferentes ou, colocando de outra forma, minha vida foi preservada inúmeras vezes pelo Senhor celestial.
    # posted by Lou : 8/15/2006 6:23 PM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *