A Gruta do Lou

Jejum, Juquehy e Jesus.

juquehy

Juquehy
2º Dia do Jejum, pró abertura dos Comentários na Bacia das Almas, completado. ->

O jejum pró re-abertura dos Comentários na Bacia das Almas já é um grande sucesso. É bom enfatizar que nosso maior objetivo é mostrar força ao inimigo. Eles precisam saber qual é a nossa força, como somos unidos e estamos dispostos a tudo uns pelos outros. Certo?

Durante a semana, se não sofrermos danos maiores com algum furacão menos amigável, postarei nova lista com dicas sobre a blogagem cristã. Além de fotos, vídeos e comentários, falaremos sobre escolha de template, layout, contadores, assiduidade, disciplina e muito mais.

“Estamos em Juquehy desfrutando esses dias maravilhosos. Tirei o Land Hoover da garagem e caímos na estrada. Minha sogra está viajando e minha mãe pensa que eu estou duro, assim escapamos para um descanso merecido. Nem sei porque Juquehy, já que gosto de Toque Toque Pequeno. Mas é uma linda praia, também. Na parte da manhã, na praia, jogo  uns  seis minutos de futebol, pelo menos. Exausto deixo o resto dos oitenta minutos com a molecada e parto para a competição de caipiroskas. Umas latinhas ( o conteúdo de cevada, lúpulo, água, etc) também rolam, nessa etapa, enquanto leio o Brian Mclaren, com olho aqui e acolá. Sempre de boné, óculos escuros, protetor 158 e sob o guarda sol.

Desta vez preferimos tomar nossas refeições principais no Bar do Oscar, um restaurante que serve frutos do mar, como poucos. Em casa só lanche. Enquanto eles preparam minha pescada, e os pratos pedidos pelo pessoal, estamos degustando croquetes de camarão e espetinhos. Para horror da galera, mandei meia dúzia de ostras com limão. Ainda bem que o notebook com GPS está funcionando, cem por cento. Via Flickr e uma pequena maracutaia consegui postar as fotos. Depois do almoço, meditarei na rede que coloquei na varanda da casa, onde bate uma brisa espetacular, à tarde. Resolvemos voltar amanhã, para fugir do trânsito. Assim ainda teremos uma noite de intensos jogos de cacheta e war, enquanto os mais jovens fazem longos passeios pela praia.”

    -Lou, Lou…. acorda, acorda… O Massa quebrou e está fora da corrida. Vai dar Alonso, mesmo. Toma o café e o remédio para a pressão e levanta para irmos ao Dia buscar refrigerante para o almoço, disse a Dedé ao pé do meu ouvido.
    -O que? Mas… estamos em Juquehy, almoçando no Bar do Oscar…
    -Xiii! Sonhando com praia, outra vez. Estou ficando preocupada com você…

É logo vi que tinha coisa errada nisso. Land Hoover, Juquehy, notebook, GPS? Caçarola só mesmo em sonho. Duro é encarar a realidade hoje e nessa semana que promete, promete um monte de … deixa p’ra lá. Não compensa falar. Não deixamos opção para Jesus dessa vez, Ele terá que olhar para nós, definitivamente, nem que seja para mandar o Elias, aquele muquirana que enche as viúvas de azeite. Só não venha me dizer que mandou o Raniel, de novo. Seria uma lástima.

Ah! Cadê os livros Thomas? Se não tem, vai de abraço e oração mesmo.

cropped-Capricornio-PB.jpg

Powered by ScribeFire.

4 thoughts on “Jejum, Juquehy e Jesus.

  1. Cara , e eu acreditando!
    Praia ,Jeep ,cerveja………..
    Deve ser estado ruim acordar e alem de tudo saber que o Massa quebrou.
    Eu fui almoçar na casa do meu primo Maurizio e bebi Vino e comi churrasco Italiano.(nada a ver com o Brasileiro 🙁 )
    Mas estava tudo otimo
    Pelo jejum causa o Brabo nao contem comigo
    Um abraçao
    guido

  2. Pô Lou!!! Eu e o Má, aquí do meu lado te lendo pela 1ª vez pensando:
    Oh glória! esse mano “tá podendo”!!!! Carammmmba!!!!
    Só você mesmo *rsss
    Mas olha, sinta-se à vontade (você e sua familia) para visitar nossa cabana na floresta, do ladinho da praia.
    Ubatuba é linnnnda também. Temos net à rádio excelente, um “suco de cevada” gelado pode rolar e vinho, nunca falta hehehe. Jesus é sempre convidado de honra.
    Que tal? Pense nisso.
    Sobre meu pai…aquele sorriso…só Deus sabe.
    Mas o cara é genio, jornalista famoso, escritor, poderoso e pensa que é deus, absoluto…enfim.
    Como disse aceitei o pacote da vida, retenho o que é bom. Não há lugar para “moscas” no meu coração.
    Um abraço
    mamanunes…………………………..em Cristo*

  3. Tô firme no jejum. Foi a única coisa que rolou neste holiday weekend. O resto foi puro tédio. Nem a corrida assisti, sorte minha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *