A Gruta do Lou

Impressões de um espectador inútil

INCOR (Institudo do Coração do Hospital das Clínicas) em São Paulo

Após o relatório Coração Valente há um post para você.

Coração Valente

Rel. nº 03/07

Ontem, passamos o dia todo no INCOR. Foi um dia de preparação burocrática para exames pré-operatórios (cateterismos, ecocardiogramas, raio X, etc) que o Thomas realizará a partir de segunda-feira, dia 12. O Dr. Miguel Barbero quer saber se ele terá condições de suportar a complementação da cirurgia Fontan, iniciada em 1996. Além disso, a Dra. Nana, designada para esses encaminhamentos, fez uma avaliação clínica do Thomas. O plano, agora, será retornar a São Paulo na segunda-feira cedo, onde permaneceremos até o final da terça-feira, em princípio. Todos esses exames serão realizados no INCOR e com pessoal médico da equipe do Dr. Miguel. Eles acham que a cianose dele está muito intensa e estão preocupados, o que muito nos tranqüiliza. Para nós a preocupação são os pés dele. A cianose (eles não sabem) sempre foi intensa, nele. Enfim, querem que o Thomas ande com um tubo de oxigênio a tira-colo e use-o umas 12 horas, por dia, no mínimo. Estou tentando conseguir isso com a prefeitura de Sorocaba, via Dra. Márcia Esquierdo, além de alguns outros cuidados específicos. Não sei se terei acesso a microcomputador na segunda e terça. Se der coloco os relatos. De repente, tem algum Cyber no Hospital. Há de tudo naquele lugar. É um complexo de primeiro mundo.

Enfim, a luta continua companheiros!

Impressões de um espectador inútil

Pilotos de Fórmula Um costuma expressar a frase: “Virei passageiro do carro”, quando perdem o controle do bólido e ficam a espera do desfecho. Nos últimos dias um vasto sentimento de inutilidade e impotência tomou conta de mim. No máximo, tenho que me contentar com o trabalho de motorista e office-boy, pois, tudo que tenho feito é dirigir e organizar papéis, levando-os de um guichê a outro e passando boa parte do tempo em filas e cadeiras de espera. Pelo menos, no INCOR, a bagunça é bem organizada. Tudo funciona com linhas coloridas fixadas no piso. Tudo acontece em torno delas. Siga a linha branca até o final, siga a linha amarela, a vermelha, azul, assim por diante. Coitados dos meus pais, gastaram um monte de dinheiro e fosfato (carbono seria mais adequado) para manter-me quieto e aprendendo algo em escolas, durante anos, e agora estou fazendo algo para o qual não recebi nenhum treinamento: seguir linhas coloridas fixadas no solo. Pareço uma barata tonta depois de uns bons goles de inseticida.

Estranho. Entre tantas profecias, nenhuma previu nada disso. Acho que algo anda falhando no Reino, em especial, no Departamento de Profecias.

Podíamos ter adiantado as coisas para a semana que vem, mas os médicos têm reuniões administrativas, almoços, etc… “O Doutor Vitor Guerra não poderá fazer o exame agora porque tem uma reunião de diretoria agora. Pô! A vida do meu filho vale menos que a merda de uma reunião administrativa. Começou tudo de novo. Já vivemos esses atos várias vezes no passado. Dr. Fulano não poderá atender agora. Tá com dorzinha de barriga. A Dra. Fulana está com TPM, desculpe e volte para a semana. Estranho que o melhor cirurgião da área, no Brasil, seja um argentino. Pudera, basta conhecê-lo para entender por que. Além da competência, o cara é objetivo e não perde o tempo precioso das vidas que tem que atender.

Nem todas as experiências são ruins. Enquanto estávamos sentados em uma sala de espera, onde estivemos cerca de umas duas horas, muitas pessoas passaram por nós várias vezes. Uma senhora, depois de umas tantas passagens, resolveu perguntar por que estávamos ali por tanto tempo, sobretudo, com um paciente evidente. Agradeci o interesse e senti certa emoção. A mãe (ainda que não biológica) de uma criança que estava em cirurgia, resolveu abrir-se comigo. Por isso não reclamo do tamanho de minhas orelhas. Acho que ela me achou parecido com algum pastor. Acredita? Aliás, em todo o tempo que estivemos ali, não fui incomodado por nenhum capelão ou essas pessoas inoportunas.

Ainda bem que a viagem de volta correu tão bem quanto a de ida e estamos em casa, com o Thomas. Graças a Deus.

Vocês ajudaram muito, também. Muito obrigado a todos. Eu os amo muito.

7 thoughts on “Impressões de um espectador inútil

  1. Lou, compreendo a tua luta.
    Sentimo-nos impotentes perante tanta falta de sensibilidade em coisas como a vida de um ser humano.
    Não acontece apenas aí, se é que isso te serve de consolo.
    MAs já deram os vossos passos e agora é olhar para a frente, e não para trás.
    Caminhem confiantes de que aconteça o que acontecer, Deus é por vocês e não, contra!
    Um abraço grande!

  2. Lou..meu querido, meu mano… O Incor é o melhor lugar do mundo. Graças a Deus vocês tem ascesso a ele. Já passei um mes “morando lá”, acompanhando meu ex-marido . Tudo é de primeiro mundo mesmo (só os homens continuam os mesmos). Tem hora que a gente quer pular no pescoço “dum Zé daqueles”…affff
    Médicos…freezer’s com estetoscópio…
    Mas vai dar tudo certo mano, confie. Conte com a gente. Acho que semana que vem estamos em São Paulo, precisando algo é só ligar.

    Amamos vocês.
    bjk

    Márcia
    Obrigado pela atenção sempre presente.
    Anotei os telefones e tomei a liberdade de apagá-los, para sua proteção.
    Todos nós estamos gratos, na verdade, com o carinho e preocupação.
    Abraços para vocês também.

  3. Lou, estou acompanhando tudo de uma lan house. Bonito o Incor. Minha oraçãozinha humilde tá por ali…superabraço!

  4. .. quero falar alguma coisa pra vc , mas me sinto sem palavras…eu sei o que vc ta passando pq eu mesma ja perambulei por corredores e UTIs qdo do acidente do meu filho….somos impotentes e depentes nessa hora, e temos que nos sujeitar a quase tudo e todos , e ainda sorrir, para não sermos antipaticos e nossos amados sofrerem por isso… mas o que acalma nossas almas é saber que somos mais dependentes é de Deus e que só acontecerá mesmo o que ELE tem planejado…. isso é bom, mas tb dá uma baita dor de barriga na gente.
    Só quem passa por isso consegue entender que “descansar” no Senhor não é exatamente um soninho no colo de Deus….
    Não conhecço vcs pessoalmente, mas meu coração está cheio de amor e solidariedade por sua família como se já fossemos amigos ha muitos anos…aceitem meu amor e minhas orações que são toda a minha fortuna.
    Fiquem na Paz de Deus.

  5. Lou, somos todos passageiros nesta Ferrari azul que é o planeta. Se tem motorista, é muito discreto e não faz manobras espalhafatosas.
    Vá com a correnteza, mano. Deus está junto, podes crer.

  6. Lou, o Mr.Blogger nao deixou entrar meu outro comentário;(

    Lou, bom ter noticias de vocês. Bom saber que tudo está caminhando masmo aos trancos e barrancos. Quem disse que seria fácil?

    Nossa oracao é que Deus continue em tempo oportuno providenciando tudo.

    Grande abraco em você

  7. Consegui ler agora! 😉

    Essa parte burocrática é um terror… mas gostei de ver o seu bom humor, ao se referir às listas coloridas no chão… Fiquei imaginando: será difícil seguí-las??? Será que uma criatura desorientada como eu se sentiria melhor ou pior com essas guias??? Enfim, espero nunca precisar ir ao INCOR pra saber.

    Um abraço, e continuamos na luta em oração!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *