Eram os deuses economistas?

Raquel Weisz

Em A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo, Weber traça detalhadamente o tipo ideal de conduta religiosa que contribuiu decisivamente para o desenvolvimento qualitativo do capitalismo. Trata-se do ascetismo intramundano vivenciado pelos seguintes segmentos do protestantismo: calvinismo, pietismo, metodismo e seitas batistas. Nãos seria possível que outro ascetismo, como o catolicismo, tivesse influenciado o capitalismo, pois a piedade popular católica, de forma resignada, espera a recompensa na vida após a morte. As religiões do Oriente, devido à lei do Karma, mantêm um ascetismo extramundano. O luteranismo, com o dogma paulno da justificação pela fé, dispensa a ação humana como componente do processo de salvação.

Silvio Sant'Anna introduzindo o livro citado na edição da Ed. Martin Claret 2006

Quando ser brasileiro católico e, consequentemente, pobre é vantajoso. Pior é o meu caso, um protestante pobre e sem igreja. (não venha com a piada: arrume uma igreja! Tenho problemas suficientes. Chega.)