A Gruta do Lou

Culto, eleições e anti-calvinismo

calvin-john

Devia haver um post contendo um sermão com mais um capítulo do livro do Khalil, afinal é domingo, dia de culto em nossa capela. Mas estou com dificuldade em convencê-lo a continuar. Ele meteu na cabeça a idéia ridícula de que seus textos são irrelevantes. Mostrou os dados do meu blog, onde o Evangelho Segundo Khalil aparece entre os últimos, na ordem dos posts mais lidos. Assim, dispensei todos os três fieis e cancelei o culto.

Hoje é dia de eleições municipais, em todo o Brasil. Não estou muito interessado, estamos longe de uma experiência verdadeiramente democrática e me sinto um paspalho votando, apesar da minha consciência. Imaginem, aqui o voto é obrigatório e compulsório, só falta acrescentarem pena de prisão para quem não votar. Como pretendo ganhar na loteria e sem votar não é possível receber o prêmio, farei o sacrifíco de apertar a tecla branca e a verde. Ops! Revelei meu voto. Sem falar nesse sistema de eleição informatizada, qualquer idiota, com uma noção mínima nessa área, sabe como essa porcaria pode ser vulnerável.

Espero que meus conterrâneos não elejam a Marta para prefeiturar São Paulo. Tal ato seria imoral. Ela não respeita a família, a tradição e muito menos a liberdade. Sem falar em sua opção ateista. Nossa, parece apelo reacionário! Só nós para eleger uma sexóloga para gerenciar uma das maiores e mais importantes cidades do planeta. Projeto dela é instalar máquinas de camisinhas em todas as esquinas e escolas de ensino fundamental. Ela não quer ver ninguém parado. Apesar que, as opções…

Em Sorocaba, como no resto do país, os candidatos não podem ser identificados quanto a sua opção política. Nem eles sabem se são de direita ou de esquerda ou o que isso possa significar. Todos sem exceção prometem construir mais escolas, mais postos de saúde, mais delegacias comunitárias e mais ônibus, para resolver os problemas crônicos e estruturais nas áreas de saúde, educação, segurança e transporte. Nenhum candidato a prefeito tem projeto (de verdade) para sua cidade. Os últimos prefeitos que passaram com projetos foram Juscelino Kubichek de Oliveira (Belo Horizonte), Adhemar de Barros (São Paulo), falecidos na década de sessenta e Jaime Lerner (Curitiba), que trabalha com assessoria de projetos urbanistícos em várias cidades, atualmente.

Li, com tristeza, no blog do Filipe (um cara muito legal e um blog idem) o aviso A Gruta (Calvinistas não entrem) ao indicar-nos para o prêmio Borboleta. Claro que ele está brincando conosco. Mas eu chorei a noite toda e ainda estou fungando. Não posso, sequer, imaginar escrever qualquer idiotice teológica, sem a plateia calvinista. Escrevo para eles, preferencialmente. Se isso não está claro em minhas mal traçadas linhas, então preciso pensar seriamente em parar. Eles alimentam toda a minha gana em escrever meus versos teológicos. Morro de medo do Fábio não vir mais nos visitar ou nunca mais me pagar o vinho excelente que tomamos juntos, outro dia. Bom, ele é um calvinista amigo. Confesso escrever visando os calvinistas inimigos. Se bem que, esse aviso do Felipe deve ter força contrária, sei lá. Detestaria ficar com o mico anti-calvinista na mão, prefiro deixar essa carta com o Gondim e seu compadre Ed. Eles têm as costas largas das igrejas ricas que os sustentam, enquanto sou um pé-rapado, pelado com as mãos nos bolsos furados e os sapatos sem solas; um incompetente incapaz de implantar uma boa igrejinha por aí. Não daria para contratar advogados… Vocês me entendem.

Veja o vídeo abaixo como uma idéia legal ao alcance de qualquer internauta blogueiro com aspirações em cultos, política e calvinismo.



The Great Schlep from The Great Schlep on Vimeo.

lousign

9 thoughts on “Culto, eleições e anti-calvinismo

  1. Lou

    Prêmio “borboleta” ??? Sinceramente…essa borboleta tem alergia a tulipas…

    Se metade das pessoas que falam mal dos calvinistas soubesse exatamente do que estão falando o debate seria muito mais divertido. Além disso alguns textos seus parecem ter saido diretamente dos corredores de Dort, o que não qualifica a Gruta como anticalvinista (ainda que o síndico tenha alguns problemas pessoais com alguns seres calvinistas.

    O vinho continua a disposição.

    Ah…no caso desse post, o meu blog que você deveria ter linkado é

    http://adironteologia.blogspot.com/

    Abraços em 5 pontos

    Tenho a mesma sensação, em relação à maioria dos calvinistas, de que eles não sabem do que estão falando. Duvido que eles tenham lido alguma coisa de Calvino. As Institutas, seguramente, poucos leram, a não ser os capazes de ler em outras línguas. Mas, citando apenas os escritos de Calvino sobre a predestinação, não conheço ninguém que tenha completado as leituras, mesmo porque, não daria tempo para ler tudo em apenas uma vida. Fiquei curioso sobre os cinco pontos. Abraço por tudo.

  2. Na verdade vc tem mais de um amigo calvinista Lou.
    =)

    Sem medo de qqr entrelinha sua, sou uma calvinista s/ preconceitos e fico mais
    uma vez lisonjeada em saber que é também pra gente como eu que vc escreve!

    (dia cansativo, trabalhei na bendita eleição! O legal é que terei 2 dias de folga!)

    Fique tranquila, se Calvino estiver certo, todos nós somos calvinistas.

  3. Olá Lou!!!

    Essa gruta seria um tipo de caverna de Davi?!..rsrsr.
    Ufa, que bom que a encontrei!!!

    Adorei seu espaço. Precisava deste lugar.

    Grande beijo.

    Ana, obrigado pela visita e comentário. A idéia inicial partiu da Caverna de Adulão, sim. Claro que nossa proposta é muito menos ambiciosa. Ele formou um exército de quatrocentos homens, enquanto nós estamos imaginando só uns milhões. 🙂

  4. Meu caro Lou,
    até que enfim estás de volta. demorou hein!!!! bom, muito interessante seu post. alguém com percepções elevadíssimas e uma mente brilhante, disse que Deus escolheu ser parceiro, amigo, por uma decisão livre e soberana, baseada em dois princípios; para não alongar em demasia comentário.
    1) Jesus Cristo é o Deus que elege 2) Jesus Cristo é o ser humano eleito.
    E, por isso, o verbo encarnou. simples assim. é maravilhoso conversar sobre teologia em seu blog. descance. bom retorno… um abraço.

    De pleno acordo, Ele é tudo em todos.Essa coisa com os calvinistas é só provocação infantil.

  5. Alvíssaras!!! O pastor Luis Carlos foi eleito vereador!!! Pode sobrar uma boquinha pra vc… ou pra mim, se vc não quiser!!!

    O nome do cabra é Luis Santos. Apesar de nossa rusga naquele negócio envolvendo a verba do CMDCA, o risco de algo assim existe, caso ele seja um nordestino macho e de palavra. Ele sempre dizia que, se eleito, iria me nomear chefe de gabinete dele. Se isso acontecer e não me alinhar, indico você, claro.

  6. olá lou, de fato foi uma ironia, oriunda talvez de conversas com colegas calvinistas. não que seu blog seja realmente anticalvinista, mas que desafia alguns dos pontos pelos quais estes se fundamentam; pelo menos todos aqueles que conheço pessoalmente. e isso é bom, e necessário.

    mas é engraçado receber alguns emails do gado ululante que acha mesmo que eu me importo em discutir ou fincar espetos por meio de blogs e postagens tão… simplórias.

    irei me policiar e estabelecer critérios mais sábios: é chato ficar deletando email a todo momento.

    abçs!

    Aqui na Gruta você sempre terá carta branca, bem como em qualquer citação da Gruta feita no seu ou em outros blogs. Basta mandar a folha em branco que eu assino em baixo. No máximo, posso tripudiar um pouco disso ou daquilo, mas com muito respeito, sempre. Na verdade, meu alvo não são os calvinistas, como escrevi, mas as incoerências existentes em alguns por não saber direito ou outra razão qualquer. Fique tranqüilo, aqui todos sabem que não falo sério. Mas se algo o chateou me desculpe. Posso me policiar também, pelo menos, penso que sim. Sei lá. 🙂 Abraços para você também.

  7. Lou

    Durante muito tempo, em que a única tradução para o português era uma quase ilegível do Waldir Carvalho Luz, apelei para uma versão em inglês que tenho até hoje da Erdmans.

    Recentemente As Institutas forem republicadas em português, numa tradução do Rev Odayr Olivetti que está muito boa. Assim como a “Instrução na Fé” (um livreto simpático e de leitura bem mais fácil que As Institutas)

    Além desses, existem vários comentários bíblicos que valem a pena, o do livro dos Salmos e o de Romanos são os meus preferidos.

    Dentre os Calvinistas mais recentes eu, particularmente recomendo a leitura do Hendrikssen, Kistemaker e o Van Groningen. Além da ótima série de teologia sistemática que o Rev Héber Carlos de Campos está construindo (ainda existem, raros, mas bons autores em língua portuguesa).

    Quanto aos 5 pontos do Sínodo de Dort, basta ir para as primeiras postagens do Calvinistas, graças a Deus, e matar a curiosidade.

    Sua frase sobre “se os calvinistas estiverem certos” me lembrou Gamaliel.

    Por isso os brasileiros preferem as igrejas pentecostais, onde basta ver uns DVDs de algum apóstolo qualquer e pronto, sem falar nas constantes mensagens que “Deus” dá a toda hora através de seus “profetas”, nessas igrejas. Calvinismo dá muito trabalho. Mas valeu pela aula grátis. Quem quiser conhecer um pouco de Calvino, aí esta um pouquinho do caminho a percorrer. Como já li as Institutas, aquela ruim, e alguns dos comentários (gostei muito do comentário de Gálatas) e não tenho muito mais tempo, é tarde. Durante muito tempo procurei o comentário de Romanos, será que está disponível agora?

  8. O comentário da Bruna mereceria uma brincadeira : como assim uma Calvinista que trabalha na eleição ???

    Mas já está tarde demais para ficar fazendo trocadilhos

    Ela foi eleita, uai!!!

  9. Não consigo entender como existem pessoas que seguem doutrinas diabólicas. Pois quem segue o que João Calvino ensinou segui doutrina de demônios, criada por um assassino. Segundo os próprios Calvinistas, nos primeiros anos de governo, João Calcino matou 58 pessoas por discordarem dele; 4000 padres; 1200 freiras foram estupradas e mortas, 200 Igrejas foram saqueadas e seus valiosos vasos roubados e os mesmos serviam para transportar o dinheiro que servia de pagamento para o exercito mercenário de Calvino. Calvino ainda mandava pegar as vísceras de pessoas que eles matavam e enchiam de capim e davam para os seus cavalos. Calvino foi um verdadeiro agente do diabo na terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *