A Gruta do Lou

Com medo de ser feliz

Kim Basinger

25º dia do Jejum pró abertura dos comentários na Bacia das Almas. As impressões médicas não foram muito boas, outra vez, esta manhã. Se algo me acontecer, a culpa será do Brabo, não se esqueçam.

Depois do primeiro dia da TV Gruta, parece ter havido um Furacão aqui nos nossos estúdios. Pessoal já está andando de saltos altos. Acho que precisarei baixar a bola da turma.

Imagine se Jesus tivesse todo esse aparato à sua disposição para anunciar as boas novas do evangelho. Acho que Deus Pai quis testar sua auto-estima ao enviá-lo em época tão remota. Se Jesus viesse hoje para cumprir sua missão redentora, ele teria que fazer curso conosco, para aprender a viver sob tamanha dificuldade e opressão. Sempre que me pego orando com pedidos para o Criador me ajudar a dirimir problemas do tempo presente, fico com a estranha sensação de que o divino não faz a menor idéia sobre como me ajudar. O mundo globalizado, informatizado e eletrificado tornou-se desconhecido para o criador.

Quem sabe viver nesse mundo é o Bush. Ele tem as virtudes principais para tanto. Mente sem culpa, é hipócrita sempre, falso constantemente e um tremendo cara-se-pau. Estudei os movimentos do corpo para fazer palestras sobre o tema “O corpo fala” e isso me fez mais descrente, especialmente os sinais que as pessoas emitem quando estão mentindo.

Nunca entendi direito porque Jesus fez milagres. Aí, certo dia, me vi andando pelo mundo onde Jesus viveu, em sonho, claro. Era eu com tudo que sei hoje, lá no ano 5 dC. Os caras pensavam que eu era um milagreiro, também. Curava todo mundo que estivesse gripado, usando vitamina C e cama. Acalmava todos os nervosinhos com maracujá. Usava boldo, camomila, erva-doce, erva-cidreira, babosa, etc. Ensinava higiene, medidas sanitárias e, com isso, eliminava doenças e elevava a média de vida. O pessoal me adorava, certamente. Aí, algum infeliz me acordou com sua maldita buzina e voltei ao século vinte e um e minha insignificância. Mas me dei conta de parte do segredo dos milagres do Nazareno. Nem sei se devia revelar-lhes tamanho segredo. Enfim, agora já foi mesmo.

Olha, prometi fazer programa ao vivo, todos os dias às 12 horas, mas não esqueça que não sou nada confiável, além de ser brasileiro. Então você já sabe e me poupará de ter que inventar as famosas desculpas esfarrapadas.

Eu pretendia escrever sobre: “o medo de ser feliz”. Assisti o Juca Kfouri entrevistando o Dr. Flávio Gikovate e ele mencionou esse tema, objeto de seus estudos. Também tive oportunidade de estudar isso, nos tempos de Zenon e deu-me vontade de compartilhar esse conhecimento que guardo no fundo de minha mente. Mas fiquei com medo de ser feliz e abortei a idéia. Fica para outra oportunidade.

Powered by ScribeFire.

3 thoughts on “Com medo de ser feliz

  1. Tenho visitado pouco os blogs dos amigos virtuais – tipo Vilma, Volney, Anderson, Jo, Georgia, Chris, Hernan, Amorim, Chagas, Adriano, Raquel, Alê, etc -, com medo de ser feliz.
    Em vez disso, estou arranjando trabalho, depois de 6 meses de folga.
    Não onde estou com a cabeça…

  2. Gostei da novidade, Blog Tv. Isto está deixando de ser um blog e virano uma rede de telecomunicações…não se esqueça de mim quando entrares o paraíso. Aceita um currículo? Hehehehe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *