A Gruta do Lou

Ao Deus que nunca conheci, mesmo acreditando no contrário.

090409_0320_aodeusdesco1

Deus e eu somos dois desconhecidos…

Estava imaginando catalogar tudo o que não sabemos sobre o ser humano. É, começando pelos desconhecimentos sobre o corpo, a mente e o espírito, divisões conhecidas, mas não únicas, necessariamente. Pensei em separar alguns megas na minha HD para o serviço, mas pensamento vai pensamento vem, acabei achando melhor pensar em termos de gigas, se não de teras. Realmente nosso desconhecimento sobre nós mesmos é tremendo.

Claro que há muita gente no mercado se portando como donos da verdade sobre nós. Uns se arvoram em doutores da mente, outros do corpo e há até os doutores do espírito. Agem como se incluíssem em suas mentes ainda não decifradas, todo o conhecimento possível sobre suas áreas de atuação, mas são os primeiros a dizer, em face da morte ou da enfermidade desconhecida, terem feito o máximo e nem assim logrado êxito em salvar suas vítimas.

Pouco tempo atrás, conversei com uma mãe aflita sobre a situação de seu filho querido. Ele recém saíra de uma casa de recuperação para dependentes químicos e voltara com sua mente repleta de novas crenças, dogmas que lhe foram ensinados como verdades capazes de salvá-lo.

Infelizmente, já vi dezenas de jovens na mesma situação e a estatística dos que lograram recair ultrapassa a casa dos noventa por cento. Disse para a senhora que quase tudo aquilo eram mitos. Poupei-a em afirmar serem falsas crenças.

Essa situação não é muito diferente das pessoas envolvidas com a igreja, com suas mentes repletas de falsas crenças e mitos distribuídas pelos doutores do espírito. Um pouco melhor estão os doutores do corpo, pois podem trabalhar com base em pesquisa científica e errar menos.

Nos tempos modernos e pós modernos, os computadores têm contribuído muito com esse pessoal. Mas eles são primitivos se comparados ao conhecimento do corpo que tinha Jesus encarnado, por exemplo. Aliás, se formos por esse caminho, o lugar ideal para se adquirir licença para curar não é a universidade, mas o deserto ou algo assim.

Melhor fizeram os gregos em louvar o deus desconhecido. Deus não é conhecido por nós. Nós somos conhecidos de Deus e ele é o único ser a nos conhecer de fato. Miseráveis seres somos, não conhecemos a nós mesmos e muito menos ao nosso Deus.

lousign

7 thoughts on “Ao Deus que nunca conheci, mesmo acreditando no contrário.

  1. Pingback: Lou Mello
  2. Lou, vc tá na linha de pensamento do Brabo hj, que escreve sobre metalinguagem, e do que eu escrevi sobre fé, por “coincidência”, hj tb.
    “Alguma coisa acontece”… e não é na avenida S. João.

    Esteja certo disso.

  3. Largar os ossos do poder não é fácil, caro Lou, muita gente sabe do que vc tá falando…menos eu…ou sei?…sei lá…fim dos modos e dos tempos.

    Bom… sigamos batendo as panelas, quem sabe alguém escuta e salvamos alguns.

  4. Eu sei que é lugar comum, uma pérola dos clichês, mas tem gente que só sabe que nada sabe. Eu, pobre coitada, estou muito desconfiada de que me enganaram.

    Todos nós fomos enganados.

  5. Veja por exemplo a matemática, que inventou o infinito pra dizer exatamente isso: o que não sabemos supera, quantitativamente, aquilo que sabemos.
    Como a gente não pode saber a quantidade do que falta saber, só nos restar aceitar a metade vazia do copo, e esperar qualquer Novidade que chegue e surpreenda.

    Dia desses assistia a entrevista de uma cosmóloga e fiquei com a sensação de que o tamanho da metade do meu copo vazio é de milhares de milhares multiplicados por milhares de anos luz.

  6. Lou, com tanta coisa para a gente descobrir sobre nós mesmos, e tem cara achando que é P.H.D em conhecer Deus, e outros mais surtados, acham que podem determinar coisas para Ele. Abraço.

    É isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *