A Gruta do Lou

A Reconstrução

Foto: Sebastião Salgado

Dizem por aí, que a segunda guerra mundial foi um arranjo meio macabro em busca de arrumar mais espaço para as pessoas, em lugares onde eles andavam escassos e onde haviam muitas pessoas pouco aceitas. Uma lavagem étnica, em outros termos. É bom andar com as barbas de molho, pois os próximos podem ser você e eu. O fato é que os alemães e japoneses que sobraram (nossos ancestrais ajudaram a matar os que não sobraram e ainda comemoram o feito, todos os anos) acharam boa a mudança e declaram ter gostado muito de seus países depois da reconstrução. Além de mais bonitos, não tinham mais a incomoda presença dos judeus, negros e baianos (não os daqui que são gente boa e malemolente, os de lá, claro).

Então, depois de assassinarmos alguns posts e muitos comentários, reconstruímos A Gruta e gostamos do resultado, embora ainda não esteja pronta, totalmente. Além de mais bonita, nos livramos de algumas presenças indesejáveis… não em termos de gente, como no caso de alemães e japoneses, mas quanto a outros aspectos menos preconceituosos.

O melhor post de todos os tempos, em termos de qualidade e visitação perdeu-se entre os escombros da cidade, digo, post bombardeada. Pena, não saberia como escrevê-lo novamente. Tá vendo, se o Pava tivesse replicado junto ao Gordim e o Ed, agora estaríamos todos reunidos. Fazer o que? Na próxima geração serei pastor de uma grande igreja, mesmo que vá para o inferno depois. Pior é não sê-lo, não ter meus posts replicados pelo Pava e ir para o inferno, do mesmo jeito, fora a dureza.

Bom, espero que vocês gostem e me tenham em boa conta. Beijo nas carecas e perucas de todos.

11 thoughts on “A Reconstrução

  1. Qual foi esse melhor post de todos os tempos? Porque você não convoca a nós todos para reescrevê-lo a várias mãos? Olha, Lou, eu estou desde o início da catástrofe te agradando, cansei. Casa arrumada, vamos em frente, quem fica parado é poste como diz o Macaco Simão.

  2. Bete

    Inoformarei o título dos posts e as datas. São poucos e há aquele que conseguiu o maior número de visitas. Não sei se era bom, mas achei estranho perdê-lo. De fato você andou apagando as velas,por aqui. Mas deu tudo certo. Valeu!

  3. Considerando que somos seres inacabados, a Gruta, refletindo esse ser aí do outro lado, nunca estará totalmente (re)construída

    Mas fica a dica, seja mais assíduo nos seus back-uos…risos

    Abraços

    Fábio

  4. Quem diria Lou, sempre reformando – desse jeito voce vai se converter (finalmente?) !!

    Faz tão pouco tempo que ‘conteceu esse embate, mas mesmo assim já temos aquela melancólica saudade. Quem sabe num passe de mágica voce recupera!

  5. Volney

    Acho que seria necessário o dom de milagres, que demoram uma eternidade para acontecer ou bruxaria mesmo, sempre mais à mão.

  6. Eu sabia!

    Tinha mesmo a certeza que o meu amigo Lou ia conseguir!…

    Ou não fosse ele um homem que não baixa os braços…

    Agora, é como a Bete diz: Vanos em frente!

    Eu cá estarei(enquanto Deus quiser) á espera dos seus excelentes postes.

    um grande abraço
    viviana

  7. Caramba, fico um tempinho sem aparecer e a mudança foi realmente estrutural, voltando a acompanhar depois de uns dias se a quase leitura diária de blogs, dos quais o teu está sempre presente…

    Valeu!

  8. Rap

    Pois é, aqui só as idéias repousam, o resto anda em plena agitação e os provedores não nos dão trégua. Maldito o dia em que recusei a oferta para ser um deles. Abraço.

Deixe uma resposta para Lou Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *