A Gruta do Lou

A Pirâmide

Alguém tentou adicionar um comentário contendo uma proposta completa de um sistema de doações conhecido como “Pirâmide”. Antes de mais nada, tal sistema é considerado ilegal e quem o pratica está sujeito às penas da lei, no caso a prática da Pirâmide é Crime Contra a Economia Popular. Ver Art. 2º, IX, da Lei nº 1.521 de 26 de dezembro de 1951.

Em nosso caso, a ofensa é ainda maior, pois nossa proposta aqui é infinitamente mais ambiciosa.  Queremos mudar de dimensão, saindo desta onde imperam os esquemas, não apenas os medíocres como essa tal Pirâmide, mas todos os outros golpes, todos piramidais, diga-se de passagem. Incluso estão os criados pelo capitalismo, o neo liberalismo, o comunismo, socialismo, e o raio que o parta. Nosso desejo é caminhar para outra dimensão onde essas manifestações não nos atinjam e nos tornem melhores, mais espirituais e generosos, sem bancar os idiotas da corte.

Outra opção seria vermos a oração de Jesus ser atendida, aquela em que ele intercede por nós junto ao Pai dele, pedindo para que não nos tire do mundo, mas nos livre do mal e esse é o mal.

Se aplicassem essa lei, citada no primeiro parágrafo, em todos os que desejam submeter as outras pessoas à alguma pirâmide que os coloque no topo, sobrariam poucos para mantê-los nas prisões.

Alguém, mais inteligente que eu, já disse que a solução seria inverter a pirâmide. Pois é, se pensarmos bem nessa proposta, provavelmente, o que teríamos seria uma nova Pirâmide. Foi o que aconteceu na URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas). Uns caras malandros chamados Lenin, Trótski e depois Stalin, convenceram a maioria que era preciso desfazer a Pirâmide que tinha o Tzar no topo e o povo na base. Então fizeram a tal Revolução Russa, derrubaram do Tzar do topo e não precisou muito tempo para Lenin estar no topo. E o povo? Bom o povo continuou na base da Pirâmide, a pão e água, talvez pior do que antes. Essa é a lei fundamental dos sistemas piramidais, quem está na base nunca chega ao topo.

No mundo capitalista, neo liberal e globalizado, praticamente todas as estruturas são piramidais, com alguém no topo e a massa segurando a barra. Na Igreja, os fiéis formam a base da pirâmide, enquanto os pastores (bispos, apóstolos, etc) se entronizam no topo, vivendo feito reis. Na escola, os alunos sempre são a base das pirâmides onde os professores estão no topo. Nas sociedades, o povo é a base e os governos o topo das Pirâmides, sempre com algum reizinho sentado no trono de algum palácio, com a boca escancarada cheia de dentes, esperando a revolução chegar para derrubá-los. Nas empresas públicas ou privadas, em uma proporção assustadoramente majoritária, impera a estrutura de Pirâmide, com a massa trabalhadora na base, sustentando os caprichos de um déspota qualquer, cuja placa sobre a mesa lê-se: Presidente.

Até a teologia mais aceita foi construída com uma teoria piramidal. Deus é visto como o rei entronizado no topo da Pirâmide e os crentes estão aqui para servi-lo, obedecê-lo, adorá-lo e essas coisas típicas de uma boa Pirâmide. Anos atrás, o Apóstolo (sic) Estevam (and wife) começou a Igreja Renascer, da qual não fiz parte, mas pude acompanhar seu desenvolvimento inicial de perto. Um belo dia, fiquei sabendo que eles começaram uma escola de líderes, pois a Igreja havia crescido e era preciso preparar pessoas que ficassem entre a massa e o apóstolo, controlando o ímpeto daquela gente voraz.  Indaguei sobre quem seriam os professores dessa escola e, pasmem com a resposta: ele e sua esposa, que nunca receberam qualquer treinamento prévio de porcaria nenhuma. Tratava-se, apenas, da construção de uma futura Pirâmide que todos nós sabemos onde foi dar.

Na verdade, o sistema piramidal virou um comportamento da raça humana. Se você tem dúvidas, leia sobre a Teoria Comportamental da Administração, por exemplo: o que Maslow e suas leis dizem, ou Herzberg e Linkert, enfim todos os apóstolos das teorias comportamentais administrativas. A maioria esmagadora deles prega a formação científica ou não, de uma boa e velha Pirâmide, uma das sete maravilhas do mundo. Depois os cariocas querem transformar o Cristo Redentor deles na oitava. Para que? Os egípcios  foram muito mais rápidos, meus caros irmãos. O fato é que esses senhores da administração, apenas, adaptaram a sabedoria egípcia ao seu negócio, tanto quanto os outros espertinhos o fizeram em seus nichos. Quase tudo que conhecemos funciona sobre a estrutura piramidal, sobretudo a administração. Entenda isso e torne-se expertise no assunto. Meu trabalho como consultor é, essencialmente, descobrir qual parte da Pirâmide está quebrada e precisa ser substituída ou consertada.

A vida está ruim, então verifique em que posição da Pirâmide você se encontra. Como já ficou claro, ninguém que esteja na base da “Pirâmide” terá a menor chance de chegar ao topo, a não ser que comece a sua própria piramidezinha, seja uma igreja, uma escola, uma empresa ou um governo. Então, esse é o segredo. Saia da Base e vire o topo.


 

 

 

 

2 thoughts on “A Pirâmide

  1. Olá Lou, como vai?
    Li que vc foi missionário na Albânia Socialista.
    Gostaria muito de conhecer seu testemunho sobre como vivia o povo daquele país, sob o regime comunista. Sou professor de História e gostaria de conhecer mais a fundo esse aspecto da história do leste europeu. É que existe muita polêmica envolvendo tal tema, e as fontes que temos aqui nem sempre são confiáveis. Vc já tem algo publicado neste sentido?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *