A Gruta do Lou

A Gruta é a salvação da raça

Deep Impact

Assisti um filme na Universal ontem, produzido pela Dreamworks, cujo título em português é Impacto Profundo (Deep Impact) de 1998 e, embora tenha mais de doze anos, não havia assistido. É mais uma daquelas bobagens apocalípticas norte americanas, no caso, um asteroide desgovernado em rota de colisão com a terra.

Mas o que me chamou atenção é que o roteiro incluiu a Gruta como a principal opção de defesa ou salvação para a não extinção da raça humana. Segundo eles (os dois roteiristas), oitocentas mil pessoas são selecionados por um sistema lotérico computadorizado e outras duzentas mil são designadas por suas competências, depois confinados em grutas. Atitude igual estaria sendo implementada pelos outros países.

Quando dei início ao Blog e, logo depois, batizei-o de Gruta, confesso que não tinha uma visão de carácter nada altruísta. Pensei em Davi lá em Adulão e seu exército de endividados, espantava-me o número de endividados no Brasil, naquele momento, com seus nomes enxovalhados nas listas mantidas por seus algozes. Lembreu-me do meu tempo na Faculdade Batista, onde eles publicavam mensalmente a lista de alunos devedores de mensalidades ou da biblioteca pelos corredores. Eu, o LouZorro, subversivamente, as arrancava e as atirava nas privadas, dando a descarga nelas.

Lembrei de Elias desesperado na gruta, com medo de Jezabel e Acabe, o que me fez pensar nas pessoas sob intensas perseguições e cheias de medo. Veio-me a mente Jesus nascendo em uma gruta para pagar a nossa conta com a própria vida, como querem os teólogos pagãos, e depois ressuscitando em outra. Egoísta como sou, me vi em todas essas situações e desejei colocar-me em um lugar onde me viesse Deus e alguma de suas salvações.

Já pensou, o divino em pessoa aparecendo aí nos comentários (sem gracinhas por favor) com palavras tais como: Que fazes aqui Lou? E depois de minhas desculpas habituais tais como: “porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derribaram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada e eu fiquei só, e procuram tirar-me a vida”. Ele escrevesse: “Sai, e põe-te neste monte perante o Senhor, Deus dos Exércitos”.

Depois disso me enviasse a fazer algum trabalhinho missionário profético, quem sabe ungir um novo líder dos evangélicos brasileiros?

Na verdade, até agora, Deus não parece ter dado as caras, nessa Gruta. Se bem que o divino adora um enigma. Mas fica aí a ideia, embora aqui não seja bem um desses blogs onde as ideias não descansam, às vezes damos nossas profetadas ideológicas, também.

Sendo assim, minha turma (meio reduzida ultimamente) de engrutados e eu, seguimos com nossos medos e perseguições, até que Ele venha, em algum de seus ciclos tranquilos e suaves, para nos enviar cheios de júbilo e cara resplandecente, de encontro à nossa salvação.

By the way, no filme citado, é claro que o Robert Duvall salvou a Terra e o mandato do presidente negro norte americano, Morgan Freeman. Estranho, como eles intuíram um presidente negro para esses tempos ruins?

082713_1535_Ancoraparaa3.jpg

OPs: Principal citação bíblica: I Reis 19: 9 e 15

Dia do Psicólogo:
Um grande abraço a cada um dos profissionais da área, leitores e amigos 
(embora anônimos) da Gruta. Esperamos que Deus tenha misericórdia de 
vocês, de forma especial.

4 thoughts on “A Gruta é a salvação da raça

  1. Seria o filme uma profecia? O presidente negro, já temos. Falta só o asteróide.
    Eu já tenho minha gruta, não por sorteio lotérico, nem por competência (ce tá brincando?), mas por pura generosidade da própria Gruta, que existe só para os que não tem chance de serem sorteados, nem competência para serem escolhidos…
    Resta esperar…

    1. Eu não queria dizer, mas já que tu o disseste…
      Deve ser por isso (incompetências) que todo mundo corre para uma Gruta quando o bicho pega e não é que os gringos resolveram colocar filtros nela também? Mas na nossa Gruta não terá nada disso. Seremos como porta de bar em dia de chuva, sempre, ou seja, sempre haverá espaço para mais um.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *