A Gruta do Lou

A Gruta e a Política

Christian Anarchism

Entretanto, ainda há o ponto delicado da participação em eleições. Os anarquistas devem
votar? Caso sim, devem formar um partido? De minha parte, assim como muitos anarquistas,
eu acho que não. Votar é tomar parte na organização da falsa democracia que foi instaurada
forçadamente pela classe média. Não importa se o voto é para a esquerda ou para a direita, a
situação é a mesma. E, para organizar um partido, é necessário adotar uma estrutura
hierárquica e o desejo de ter uma parte no exercício do poder. Não podemos esquecer em que
grau a presença do poder corrompe.
Jacques Ellul em Anarquia e Cristianismo

Como nas últimas eleições, petistas acabam se afastando da Gruta porque falo mal do Lula e dos colegas dele e os adeptos dos caras do PSDB também, pois falo mal desses igualmente. Realmente, é uma falha minha, pois deveria ser sensível ao pensamento dos grutenses e escrever coisas do agrado geral, inclusive quando o tema fosse política. Desculpa ai.

Grande verdade é que numa linha bem Gruta de ser, nossa direção é bem diversa de tudo isso. Não estamos nem com Piragine, nem com Ed e Ricks e muito menos com o Ariovaldo, embora consideremos todos bons amigos, pais, esposos, pastores e irmãos. Para nós, negócio está mais para quanto menos governo melhor. Governos custam caro, são enxeridos, manipuladores, autoritários e um monte de atitudes chatas contra nós, o povo. Até Deus está do nosso lado quando o tema é política. Em certo momento na cronologia bíblica, o povo de Deus resolveu querer um rei como todos os outros povos tinham. Muito interessante o papo que o divino teve com eles, naquela hora, tentando dissuadi-los daquela insanidade.

O que me incomoda mais nos governos nem é o monte de coisas que eles nunca fazem em todos os setores vitais. O que me enche mais o saco é a voracidade deles em cima do dinheiro alheio, de gente que trabalha duro para ganhar, honestamente, com o suor de seus rostos. Também acho insuportável a sede deles por fazer leis. Esses filhotes de coisas ruins fazem leis demais, tem lei nova todo dia para tudo e para todos, até lei para enquadrar quem tem ficha suja. Tem lei mais obvia que essa? Isso não é legislar, mas ser burro até debaixo d água. Deus fez dez leis e resolveu tudo, por que será que eles não homologam a lei divina, simplesmente, como a carta magna da nação? Não são uns estrumes? Fala sério!

O Pedro (meu filho) faz uma indagação interessante no blog dele, hoje. Veja aqui. A política brasileira é uma grande mesmice. Por aqui, quase todo mundo quer ser politicamente correto. Dificilmente conhecemos opostos, porque mesmo que existam, camuflam-se em pele de viados. Com a maior cara de pau, deixam a entender que são a favor da causa gay, do PT e da reforma agrária, mas são contra todas essas opções. Não temos partidos de direita, atualmente, mas estamos cheios de direitistas enrustidos. Logo chegará o dia em que clamaremos para que eles e os heterossexuais saiam do armário. Quem ainda se assume, são os ortodoxos, o raça.

morcego-12

8 thoughts on “A Gruta e a Política

  1. Fábio
    Ou não vote em ninguém, o que dá no mesmo e mantém minha fama de anarquista e subversivo. 🙂

  2. Leitor lento e embevecido do mestre francês Ellul, estou seriamente inclinado a mandar a m… as eleições de senador, governador e deputados e só votar na Marina pra marcar minha férrea oposição ao PT e PSDB, mas sem torcer pela vitória dela, porque me faria tornar-me, imediatamente, seu opositor.
    Hay govierno? Soy contra!!!

  3. Rubinho
    E você não está só nessa, tirando a parte de votar na Marina (não votarei, fiel aos meus princípios anárquicos) e nós dois temos ao nosso lado, ninguém menos do que Jesus de Nazaré, ele mesmo, o próprio não era nada favorável a governos e hierarquias, muito menos aos que têm sede de poder e muita cobiça para dar e vender.

  4. Lou, pois aqui em casa eu e alb só temos a certeza da Marina, o resto… … bem, o resto… ….
    bem, o resto…
    ….
    beijos,
    Alê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *