A Gruta do Lou

2010 o ano em que faremos contato

Chegamos ao dia 20 de dezembro de 2009 e, inevitavelmente, estou pensando no ano vindouro, enquanto convivo com essa expectativa negativa da inutilidade desses dez dias faltantes para esse ano virar ano velho. Sem falar na imprevisibilidade do inicio, de fato, do próximo ano. Será depois do carnaval? Só após a Semana Santa? Quem poderá me responder?

Meu plano, para tanto, não deverá sofrer grandes mudanças. Continuarei pilotando minha empresa com uma alteração no nome, voltamos ao LHM Desenvolvimento, deixando o LHM Brasil, com direito a domínio próprio, inclusive (www.lhmdesenvolvimento.com), sem abandonar o domínio o antigo, ainda, para não confundir a legião de visitantes de nosso site. O logo velho volta também, enquanto o endereço deverá ter algum CEP paulistano, esperamos. Mas pretendo concentrar meus esforços no site, ainda mais. Estou me reforçando em conhecer melhor o Flash e usar seus recursos nesse sentido. Com a mola propulsora Google não há porque não apostar nessa fórmula. Hoje, mal postamos e nosso texto já está incluído e a disposição dos pesquisadores.

Falando nisso, pretendo escrever muito, particularmente nos blogs. Avaliando todas as minhas possibilidades, percebi a importância de colocar a maioria das minhas fichas nesse quadrante. Falarei mais acuradamente sobre isso em post futuro.

Aqui na Gruta, onde a concentração continuará incluindo minhas parcas confissões; minhas idéias sobre temas teológicos; a performance do cristianismo tupiniquim, com algum viés internacional (desejo conversar mais com o Brian Mclaren e a turma da chamada Igreja Emergente. Espero que o Nelson Costa e a Thomas Nelson Brasil me ajudem nesse propósito); os relacionamentos sempre salpicando AT (Análise Transacional) e Gestalt; dando meus palpites em educação, atualidades; e outros eventuais. Não pretendo abandonar a alegria e a ironia, as capacidades transcendentais do homem contemporâneo. Talvez sobre alfinetadas por aí, especialmente nos tais ortodoxos e nos detentores dos grandes ministérios, pois detesto gente fominha.

Pelo Corinthians Yes, continuarei focando o esporte, buscando enfatizar a questão da gestão esportiva e uma ardente crítica destrutiva quando se fizer necessário.

Através do site/blog da LHM Desenvolvimento aidéia é descarregar todo o conteúdo adquirido nesses quase trinta anos de experiência com organizações não lucrativas, seja dentro delas ou na consultoria. Alguma coisinha do mercado geral também deverá fazer parte. Não adianta nada manter esse arquivo aqui na minha sala onde só eu e minha família temos acesso. Preciso descobrir um jeito engraçado de fazer isso, afinal os temas são meio maçantes.

No blog do Projeto Coração Valente tentarei manter a regularidade de, pelo menos, um post por semana, sempre buscando a visão das vítimas da cardiopatia congênita e procurarei incrementar mais toda a parte informativa, como sempre desejamos.

No mais, sempre haverá alguma texto novo do Khalil a ser postado no blog dele. Não estou com vontade de escrever sobre recuperação, por enquanto.

Imagino que não conseguirei escapar de assistir aos jogos da Copa do Mundo, até para descobrir motivos para espinafrar alguém. Se estiver em São Paulo de forma definitiva, como pretendo, tentarei aparecer mais aos eventos para me inteirar dos acontecimentos. Assim farei novas vítimas de meu teclado, provavelmente. Alguns farão de tudo para evitar minhas aparições.

5 thoughts on “2010 o ano em que faremos contato

  1. McLaren pisara em solo brasileiro em 2010, logo poder’a conversa pessoalmente hehehe

    Bom saber. Quando tiver mais detalhes, me informe. Prometo não contar para mais ninguém. 🙂

  2. Parecem-me bons planos, nada suntuosos, nem mirabolantes, bastante sensatos.
    Tens minha aprovação.
    Quanto a realizá-los… bem… aí a coisa é diferente…

    Rapaz… já fui um bom tocador de projetos. Quando cheguei a Sorocaba, trabalhei para o Esquadrão Vida e a primeira coisa que ajudei-os a fazer foi o Planejamento Estratégico da Organização. Depois de um tempo, o diretor do EV disse para um amigo comum: O Lou é muito teórico. Não sei se perdi a mão ou o cara estava sem a razão, se bem que, aquele planejamento foi feito para ele tocar.

  3. Você não sumindo, tá bom demais, afinal, o que seria dos grutenses sem o Grutense-Mor, você.

    Meu amigo, você descobrirá, com o passar dos anos, como incluir a morte em seus planos e, cada vez mais, a remir o tempo, pois a sensação de “cada vez menos tempo” passa a incomodar, severamente. Mas, para nossa tranquilidade, faltar à Gruta não está nos meus planos, ainda. 🙂

  4. Um desses escritores antigos escreveu: ” Dize-me com quem andas,e direi quem és; sabendo com quem te ocupas, sei que podes vir a ser” (Goethe, se não estiver equivocado) E agora você tio, com esse inspirado LHM desenvolvimento, potencializada em 2010 “Ninguém chega a sábio por acaso” Vou vibrar com suas conquistas… rs , Boas Festas!!

    Francisco
    Mas é aquilo, prefiro mil vezes ser feliz do que estar certo. É aquela história: “trabalharás duro com o suor do teu rosto, todos os dias de sua vida”; pelo menos, nos é dado escolher como fazer isso e, nessa altura, escolhi a LHM Desenvolvimento e, de fato, o grosso do serviço continuará sendo o compartilhar de experiências. Sua proximidade é motivo de orgulho para mim e para a Gruta. Boas Festas, igualmente. Abração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *