A Gruta do Lou

10 thoughts on “Por que estou sofrendo?

  1. Estou sofrendo porque sou humano, e às vezes ao ser humano é dado sofrer. Não é falta de fé, não sofro porque Deus está me castigando, o nosso sofrimento não é como o sofrimento de Jesus, nem de longe. Segundo entendi, não somos co-participantes dos sofrimentos de Cristo, como diz um dos apóstolos, sofremos muitas vezes por causas que nem entedemos, mas Deus sabe o porquê e isso muitas vezes tem que nos bastar, pois o conhecimento, teremos depois…

    É um tema a ser estudado em meio a muitos relevantes. Pessoalmente, tenho muitas dúvidas a respeito, como em quase tudo, mas é algo de grande interesse e necessidade aos cristãos, se não me engano.

  2. Lou

    Me desculpe…mas nem vou ver o video.

    Ando meio cansado dessas teologias disso ou daquilo.

    Sou um conservador na teologia dos Théos.

    Nada a desculpar. Aqui você tem toda a liberdade para fazer como quiser. O título do vídeo veio com ele, talvez fosse interessante removê-lo. Tenho acompanhado o discurso do Driscoll e outros sobre o tema. Eu mesmo, tenho refletido nele por muitos anos, desde minha infeliz passagem pela Portas Abertas, quando fui confrontado com ele mais significativamente. Chamar de “Teologia do Sofrimento” é um exagero, claro. Agora fiquei interessado nessa nova teologia que você mencionou: Teologia dos Théos. 🙂

  3. Assim como Bono U2, “Eu nunca tive problemas com Cristo, mas
    os cristãos, sempre me deram dor de cabeça”

    Cristãos são assim mesmo, não ligue. Adoramos causar essas dores nas pessoas.

  4. Assisti e gostei.
    Tenho visto alguns videos do MArk Driscoll e do Rob Bell e tÊm sido muito edificantes e esclarecedores.

    Você sempre super antenada. Muito bom.

  5. E da América pode sair alguma coisa boa?

    Pessoalmente repudio um certo espírito de imperialismo e uma alta dose de soberba do povo norte americano, mais ou menos como tratamos os povinhos hispânicos à nossa volta. Mas quando vivi lá por algum tempo, confesso ter gostado de muitas coisas, por pouco não me tornei um deles. Agora, teologia não é o forte deles, mas eles melhoraram e há alguns bons autores modernos e pós modernos. Eles são fortes na música, também. Ah… que mais?

  6. Lou,acho que a culpa também ajuda no sofrimento humano. De acordo com Jesus,o sofrimento humano mais radical vem da culpa de SER. Isso porque para quem existir é culpa e pecado em todas as coisas, existir é sofrer. No caminho de dor encontramos também o sentido profundo da Graça de Deus.
    É realmente um assunto extenso e profundo,muita coisaa se pensar…
    Se não se importa à medida que for pensando vou escrevendo…

    Em minhas reflexões heréticas, considero que Jesus veio combater a culpa, antes de mais nada.

  7. Sim,Jesus veio combatê-la. Quando digo que a culpa ajuda no sofrimento humano, é no sentido de que ela é perniciosa. Ela vem nos trazer mais dor. A culpa de Ser, sendo, encontrando-se culpado, em todas as coisas. Dessa maneira sendo, existir é sofrimento.

    Boa parte do que fazemos é rotulado como pecado, seja pelas religiões, pela moralidade ou pelo modo de vida dos povos. Daí nos sentimos inapelavelmente culpados pelo que fazemos. Paradoxalmente, somos bombardeados por todos os meios a fazer um sei lá quantos tipos de coisas. Nos sentimos culpados pelo que conseguimos fazer e pelo que não conseguimos. Jesus estava certo, o maior mal da humanidade é a culpa. O pecado é só consequência.

  8. Lou

    A teologia do Théos está compilada em 66 livros que, acredito, você deve ter mais de uma cópia na sua casa.

    Acredito que a leitura da mesma, combinada com uma coisinha chamada sacerdócio universal são suficientes.

    Ou como diria o Théos para um tal de Paulo de Tarso : pare de procurar pelo em ovo – a minha graça te basta. (É um texto um pouco mais sofisticado em outras versões)

    Ah… então é isso. Nesse caso, estamos de pleno acordo. 🙂

  9. Lou, não sou estudiosa no assunto, apenas curiosa, mas sinto que o grande conflito pessoal humano, é justamente essa dúvida constan-
    te, gerada por tantas teologias, suas vertentes e variantes, tanto
    sectarismo, tudo contribuindo para mais incerteza, para mais sofri-
    mento.
    Existe muita suposição, muito modismo, muito questionamento,todo
    dia aparece uma Teologia Nova. Parece que ninguém tem certeza de nada… mesmo aqueles que juram de pé junto, que sabem para onde
    vão, como tem que ser a vida, precisam ficar repetindo a sua crença
    o tempo todo, como forma de fixação, de auto convencimento…

    Para mim, o cristianismo, acima de tudo é uma forma de vida ou
    seja: vivo o cristianismo, livremente, da maneira que o meu coração sente… não espero ser entendida…

    Pronto, agora acabou de cair o pouco de cabelo que me restava…

    Então pare de fazer teologia, imediatamente.

  10. Agora não adianta mais…se eu soubesse disso antes…
    Tá bom, vou ser solidária, você já tem companhia, estamos carecas…

    Não tenha ilusões, seu cabelo voltará a crescer enquanto os meus…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *