A Gruta do Lou

Telefonica ou será demofônica?

Devido à algumas dúvidas geradas nos leitores em razão de minhas insistentes cutucadas contra a Demofônica (Empresa (sic) de origem espanhola que presta serviços de telefonia em todo o Estado de São Paulo), pela incompetência demonstrada em re-instalar a Banda Larga em nossa linha doméstica. Além da incompetência, fica claro que honestidade e ética também não fazem parte da filosofia de empresa. Junto a amigos que residem na Espanha consegui informações dando conta que a Telefonica lá não comete esses deslizes, certamente porque as leis lá funcionam, enquanto aqui não. Nesse embrólio, descobri também que a ANATEL, agência encarregada de coordernar e fiscalizar essas prestadoras de serviços de telefonia, no território nacional, não recebe da Demofônica nenhum respeito.

A seguir, cópia do texto do E-mail que recebi do Jornal O Globo em resposta à reclamação que fiz ao serviço de Defesa do Consumidor, mantido por esse importante órgão de imprensa.

Rio de Janeiro, quinta-feira, 21 de agosto de 2008


Prezado (a) leitor(a) Luiz Henrique Mello


A seção “Defesa do Consumidor” do GLOBO recebeu sua reclamação e entrou em contato com a empresa citada (TELEFÔNICA SP ). Estamos enviando abaixo a resposta da empresa reclamada. Gostaríamos de esclarecer que cada carta corresponde a um processo que se encerra no momento em que a empresa envia sua resposta. O objetivo desta seção é fazer uma intermediação entre o leitor e a empresa, porém não temos como obrigar que a empresa resolva o problema reclamado.

Caso o (a) senhor (a) não concorde com a resposta, tem direito a uma réplica ou sugerimos que procure um órgão oficial de defesa do consumidor ou a Justiça.

Qualquer nova reclamação deverá nos ser enviada pelo site, carta ou fax com os endereços do reclamante e da empresa reclamada.

Como forma de denunciar o fato, sempre publicaremos, a lista das que não respondem às cartas enviadas para esta coluna.


Agradecemos sua atenção.


Defesa do Consumidor
Jornal O GLOBO

Gerência de Relacionamento com o Cliente
Elen Rosi / Ana Carolina Alves/ Ieda Garcia

Rua Irineu Marinho, 70 – 3º andar
Rio de Janeiro – RJ.
CEP: 20233-901
Tel.: 21 2534-5200 – Serviço de Atendimento ao Leitor do jornal O Globo

Referência: 143048


A Telefônica informa que a empresa atendeu á solicitação do Sr. Luiz H enrique Mello, com a instalação do Speedy, que está funcionando normal mente. A empresa, que entrou em contato com o cliente para os esclare cimentos necessários, lamenta e pede desculpas pelos transtornos causa dos.Para outros esclarecimentos, os clientes devem entrar em c ontato com a Central de Atendimento, ligando 10315 (ligação gratuita). Este serviço funciona 24 horas, durante os sete dias da semana.Atenciosamente,

Telefônica
Assessoria de Imprensa

– – – – – – – – – – – – – – – – – IMPORTANTE- – – – – – – – – – – – – – – –

Esta mensagem, incluindo seus anexos, pode conter informações privilegiadas e/ou de caráter confidencial e seu conteúdo é para conhecimento exclusivo do destinatário. O seu uso, divulgação, reprodução e/ou cópia são proibidos.

This message is intended only for the individual or organization to which it is addressed and contains confidential and privileged information. Any retransmission, dissemination or other use of this information by anyone other than the intended recipient is prohibited

Nós somos destratados em nossa própria Pátria e sem direito a reclamação. Aconselho a todos os leitores de outras nações a nunca cairem na tentação de virem para cá. Aviso que há risco de morte iminente aqui para vocês, sobretudo no Rio de Janeiro, cidade sitiada por marginais, entre eles, gente da justiça, da polícia e dos governos. Por favor votem contra a aprovaçaõ dos Jogos Olímpicos nessa cidade em 2016. Isso seria uma das maiores insanidades da era pós moderna.

Aconselho ainda, a todos que puderem, a não utilizarem os serviços da Telefonica, em área nenhuma. Eu não tenho uma segunda opção, ainda, infelizmente. Sei que as outras empresas não são melhores, mas uma desistência maciça dessa empresa é a única forma que nós, meros cidadãos, teriamos para dar algum troco a essa praga espanhola maldita. Não custaria muito mais tratar-nos com alguma dignidade.

Para terminar, informo que até agora, 13 horas do dia 22 de agosto de 2008, não temos Banda Larga Speedy funcionando em nossa linha (embora nos últimos três anos, tinhamos esse serviço na mesma linha) e a Telefonica informa que isso será resolvido com a visita de um técnico no dia 26, mais uma postergação descabida e inaceitável. Mesmo tendo sido informado o contrário ao Jornal O Globo.

Peço, aos leitores da Gruta, perdão por ocupar nosso espaço grutense para expor uma das minhas lutas atuais. Deus continua sendo extremamente exigente comigo. Não bastassem todas as outras montanhas que tenho que atravessar diariamente, ele ainda me brinda com essa piada das Astúrias.

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

7 thoughts on “Telefonica ou será demofônica?

  1. Wander
    É verdade, não gosto de advogados (vide o Advogado do Diabo, a Firma, etc.) mas tenho bons amigos que precipitadamente ou equivocadamente tornaram-se advogados. Alguns até conseguem fazer a coisa direito. Você está nesse grupo, a meu ver. 🙂

  2. Não sei se vc sabe, mas o Japão era um terror até passar por uma reforma nessa área de comunicação, logo após a segunda grande guerra…

    Talvez a raíz de todos nossos males seja a “bendita” telefônica!

    =/

    (foi um prazer receber uma resposta sua ao meu comentário Lou, me sinto privilegiada!)

  3. Bruna

    É verdade. Notei que os dois países mais destruidos pela guerra, foram os que mais se desenvolveram e resolveram seus problemas no pós guerra, o Japão e a Alemanhã. Longe de mim insunuar qualquer coisa.
    Quanto a responder seu comentário, considero cada comentário como uma grande honra. Sempre que posso, respondo humildemente. Acessando por conexão discada estou muito mais limitado em termos de tempo, mas me esforço ao máximo, procurando dar mais atenção aos novos comentaristas (aqui chamados grutenses). Ando muito triste por não poder comentar nos blogs do pessoal, pois não consigo abrir a maioria das caixas de comentários e temo que isso esteja sendo interpretado como uma desatenção de minha parte. Tomara que não. Obrigado.

  4. Alice

    Temo que essa empresa infernal tenha encontrado um osso duro de roer. Mesmo com poucas armas, tenho tornado a vida deles desagradável e ainda tenho mais para eles. Me aguardem.

Deixe uma resposta para Bruna Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.