A Gruta do Lou

Pegando o touro a unha

Whitney Houston

7º Dia do Jejum, pró abertura dos Comentários na Bacia das Almas, completado. As primeiras tonturas foram registradas, não em mim, nas crianças. ->>

Se alguém estiver interessando em minha opinião sobre o Renangate clique AQUI mas aviso, não é para menores de idade e muito menos para crentes babacas. A esses recomendo o post do Ed Aqui.

Recado aos leitores: Finanças OK

Nos próximos dias 23 e 30 de setembro, das 9 às 11 horas, estarei em São Paulo, no auditório vip da Igreja Deus é Fiel (que não tem nada a ver com a Renascer), narrando a minha visão de sobrevivente em um mundo que só pensa e vive por dinheiro. É um Seminário que chamo Finanças OK.
Se quiser aparecer, o endereço é Rua Coriolano Duran, 536, na Vila Santa Catarina e não precisa inscrição prévia. Garanto que não faltará um lugar para você. Mas aviso, tem gente vindo de Portugal, Alemanha, Estados Unidos, Itália, Índia, Curitiba, Cuiabá, Sorocaba, Rio de Janeiro e mais um monte de lugares que não lembro. Ah! O pessoal da Igreja participará. Além das minhas observações incomuns, haverá discussão em grupos e uma ou outra dinâmica ridícula.
Eles cobrararão R$ 30,00, por pessoa, e prometem uma apostila inclusa. Os tolos acreditam que eu as produzirei. Se for ousado o suficiente para ir e quiser avisar previamente, me mande um E-mail.

O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus. – Filipenses 4:19

Por onde andava o apóstolo Paulo, as pessoas faziam queixas e consultas a respeito de finanças. Falta de emprego, dureza, dívidas, credores batendo palmas no portão, telefone soando antes dos caras acordarem. Paulo, sem saber como resolver esses probleminhas, tratava de jogar a responsabilidade nas costas de Cristo Jesus. Ele já tinha ido para céu, mesmo.

Os pastores de hoje, salvo raras exceções, praticam o dai (para nós) e ser-vos-á dado. Se não vos derem, pelo menos, salvamos o nós.

Em meio a todo esse conflito, os cristãos andam feito baratas tontas, sem saber se acendem velas a Deus ou ao diabo.

Não sei se tenho as respostas e não serei tão covarde quanto Paulo. A proposta é falar a respeito usando algo pouco comum quando o assunto é finanças: a verdade.

Ao comentar, contribua com o seu segredo em finanças. Obrigado.

Powered by ScribeFire.

7 thoughts on “Pegando o touro a unha

  1. Nenhum comentário até agora? Parece que o povo não quer entregar seus segredods financeiros.
    Eu não tenho problema em fazer isso. Regra número um: Não gaste mais do que vc tem capacidade de pagar. Regra dois: não deseje aquilo que não pode pagar.
    Só.

  2. Sofro de quero quero e ai ai ai profundo… desejo mas não compro (não tem com quê hehehe).
    Sabe que é capaz de eu ir te ver?
    Tenho que ir à Sampa… é bem capaz.

    bjk Lou
    🙂

  3. Lembramos do parcelamento.
    Quanto de nos caem nesta ilusão de riqueza.
    Os sites relijosos vendem muitas coisas “”abençoadoras”” parceladas, que vergonha :-(.

  4. Tio, botei o “getúlio” na estrada… caso veja um jegue entrando na Rio Branco … cuidado! não confunda com Jesus . Sou eu, tá! Quero ouvir de perto uns “caras surtados” . Gondim e Ed . Surgindo um tempinho manterei contato. Um cheiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *