A Gruta do Lou

Profeta Pós Moderno

WK_0_wk14Wilde_218113_0714Gene Wilder

Falava sobre profetas e profecias com meu amigo Jorge,  depois, remexendo minhas prateleiras, achei esse diário e alguns posts guardados nele. Claro que eu já previa a era da blogosfera.

 22 de fevereiro 1988

Ajuntaram-se a ele todos os homens que se achavam EM APERTO, e todo homem ENDIVIDADO, e todos os AMARGURADOS DE ESPÍRITO e ele se fez chefe deles.

I Samuel 22:1 e 2

Busco Palácios,

Encontro a Gruta.

Desejo riquezas,

Me sobrevêm a pobreza.

Prefiro os livres, os ricos, os felizes,

Mas o Senhor quer ajuntar-me

Aos escravos, apertados, endividados e

Aos amargurados de espírito.

Desejei cultivar a boa saúde ao lado dos sãos, mas

Os sãos não necessitam de médico.

Então, ele me enviou aos doentes e deprimidos.

Queria ser comandante de um exercito

O Senhor me chamou para ser

General de um batalhão de necessitados.

Capricornio PB

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

11 thoughts on “Profeta Pós Moderno

  1. Essa é daquelas grutas boas: idade geológica avançada. Enquanto escrevia essa post eu certamente estava dormindo ou tomando danoninho ou alguma destas coisas difíceis.

  2. Quem é Chiquinho?
    Amei a sua voz, adorei a idéia, gostei de tudo, como sempre.
    Eu já te disse, mas você não me leva a sério (talvez por causa de minha postura trocista, da qual pretendo me desvencilhar), mas eu já te vejo conhecido como escritor despojado, audaz, bom e talentoso.
    Para o alto e avante!

  3. Lu
    Chiquinho é uma calopsita macho (tem a foto no Slide ao lado) que deve estar com problemas de visão e pensa que eu sou o pai dele e não me larga. Outra coisa, nós (Dedé e eu) levamos muito a sério o que você fala, sim, independente da postura que você adote. De minha parte, farei todo o esforço para não decepcionar a sua expectativa quanto ao meu futuro como escritor. Agradeço muito.

  4. Wander
    Gostaria muito de participar da salvação, ainda que fosse de uma gato ou um pássaro. Infelizmente, tudo que me foi dado fazer foi cuidar de pessoas em dificuldades, consolando-as com as mesmas consolações com que fui consolado, quando em situação dificil. Assim nos ensinou Paulo, o apóstolo, via II Corinthios 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.