A Gruta do Lou

Por falar em estatuto


050410_1625_Porfalareme1

O Rubinho enviou-me E-mail replicando mensagem que alerta sobre a votação do Estatuto do Nascituro, programada para amanhã 05/05/2010 na Câmara Federal. Decidi dar providência ao documento, enquanto adiava meu post de hoje para outra data mais oportuna.

Eis a íntegra da mensagem:

“Sábado, 1 de maio de 2010

A TODOS OS QUE COMPREENDEM O VALOR DA
VIDA:

No dia 17 de setembro de 2007 os deputados federais Luiz Bassuma (PT-BA) e Henrique Afonso (PT-AC) foram condenados por unanimidade de 38 votos pelo Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores, sediado em Brasília, acusados de terem cometido infrações graves à Ética Partidária por haver defendido a vida desde a concepção e apresentado vários projetos de lei contra o aborto no Congresso Nacional.

A violência envolvida neste julgamento, além de ter sido um sinal claro da existência de um compromisso programático contra o direito à vida por parte do governo Lula, foi um prenúncio de novas medidas
mais radicais que virão a ser tomadas contra a vida pelos governos do Partido dos Trabalhadores.

Entre os vários projetos que valeram a condenação do Deputado Luiz Bassuma, encontra-se o Estatuto do Nascituro, apresentado em coautoria com o deputado Miguel Martini (PHS-MG).

O Estatuto, que tramita na Câmara com o nome de PL 478/07, elenca todos os direitos inerentes à criança por nascer e pretende tornar integral a proteção ao nascituro.

O projeto, que tem ampla aprovação da maioria dos parlamentares na Câmara e o respaldo da esmagadora maioria da sociedade brasileira que é contrária à legalização do aborto, poderia ter sido aprovado por um folgado número de votos nesta quarta feira passada, dia 28 de abril de 2010 se a votação não tivesse sido suspensa através de uma manobra de um pequeno número de parlamentares a favor do aborto.

NESTA QUARTA FEIRA DIA 5 DE MAIO DE 2010 O ESTATUTO DO NASCITURO SERÁ NOVAMENTE APRESENTADO PARA VOTAÇÃO NO CONGRESSO.

PRECISAMOS DE SUA AJUDA PARA QUE ESTE PROJETO SEJA APROVADO NA PRÓXIMA QUARTA FEIRA DIA 5 DE MAIO DE 2010.

O BRASIL ESTÁ ENFRENTANDO O MAIOR ATAQUE JÁ DESENCADEADO CONTRA A DIGNIDADE DA VIDA HUMANA QUE HOUVE EM SUA HISTÓRIA. O problema transcende o próprio Brasil e representa o coroamento de investimentos estrangeiros de várias décadas que pretendem impor o aborto não só ao Brasil como também a toda a América Latina e a todo o mundo.

Procuraremos manter informados sobre o desenrolar dos acontecimentos a todos os que tenham recebido esta mensagem.

Agradecemos a todos pelo imenso bem que estão ajudando a promover.

ALBERTO R. S. MONTEIRO”

Detalhe: Não verifiquei a fonte e as informações.

Se você deseja que o tal estatuto seja votado amanhã, envie E-mail urgente ao seu representante na Câmara, sem deixar de mencionar sua preferência. Se for alguém como eu, tal ato tresloucado não será necessário, pois não elegi nenhum representante naquela casa de horrores.

Pessoalmente, enxergo uma luta titânica dos poderes políticos no sentido de arrebatar para si os ditames da moral, e o fazem da pior forma possível, através da elaboração insana e irresponsável de leis e mais leis. Adorei conhecer Jesus Cristo e sua proposta de vida pela graça, sem falar em minhas tendências taoistas em favor de uma adorável e salutar anarquia, com muito respeito, é claro. Quanto ao aborto, não encontrei em toda a minha vida opinião sensata sobre o tema. Continuo perdidinho, embora adote algumas posturas, como recomendar aborto compulsório em caso de gravidez gerada em consequência de estupro não desejado (imagino que alguns estupros sejam desejados, especialmente os que acontecem no recôndito do lar). Também prefiro que os abortos, se inevitáveis, sejam realizados em hospitais da rede pública, mediante assinatura de termo de responsabilidade dos implicados, a mãe quando for solteira e a mãe e o pai quando a mãe for casada. Para a Igreja, recomendo postura clara e radical contrária ao aborto, sem entrar em detalhes.

Além disso, devo acrescentar que, se mamãe tivesse feito comigo e que fez com todos os meus irmãos mais velhos, teria privado o mundo de muito sofrimento e perplexidades e não posso omitir esse fato.

Como diria meu professor de Ética, Lourenço Stélio Rega, em tempos de seminário: Questões de Macroética nunca chegam a bom termo.

Durmam todos com esse barulho, se puderem.

Capricornio PB

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

3 thoughts on “Por falar em estatuto

  1. Gostei da saída salomônica: a igreja deve ser contra o aborto; eu não sou.
    Melhor ainda a sacada sobre “luta titânica dos poderes políticos no sentido de arrebatar para si os ditames da moral, e o fazem da pior forma possível, através da elaboração insana e irresponsável de leis e mais leis.” PERFEITO!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.