A Gruta do Lou

Órfãos da Reforma

Richard Prior

Sobre meu dia e atividades para o CMDCA, ontem, deixei post lá no Filantropia Br.

WWW

A Carolina me lembrou que, se estivesse vivo, meu pai estaria completando oitenta e sete anos, hoje. Eu não tinha lembrado. Estranho, né?

WWW

WWW

Ontem, eu havia produzido uma gravação, mas ela falhou e não tive tempo de verificar a causa. Estou tentando recuperá-la. Se der para ouvir, aproveite.

WWW

Fiquei feliz com o retorno da Tinoca. Ela faz falta.

WWW

Aos sábados, me sinto triste com a ausência da maioria do pessoal da blogosfera. Mas a concorrência é desleal. Férias, praias, Jogos Panamericanos, eventos, Encontro dos Letos, Família, etc… Todas essas bobagens de sempre. Acho que todos confiam em minha irrestrita solidariedade aos que se dedicam a elas.

Ficarei no deserto em oração e jejum por todos. Quem sabe, no final, os anjos não aparecem para me servir? Apesar deles gostarem mais de servir o chefe. Eu sou só um reles brasileirinho, diria o Rubens Barrichello, El traidor nacional. Posso me esgoelar em qualquer deserto que não aparecerá ninguém, ou no máximo, uns cobradores ou oficiais de justiça. Se não for algum pastor fundamentalista.

Devo estar entre as pessoas que mais crêem nas palavras do evangelho. Mas na hora de escolher quem será abençoado eles me pulam, quase sempre, com a desculpa que sou cheio de fé. Minhas maiores petições nunca são atendidas. Pelo menos, não foram até agora. Espero, ansiosamente, ter que refazer essa afirmação, algum dia.

Entretanto, continuo firme. Não há a mínima chance, nessa altura, de modificar minhas crenças. Duro será fechar minha boca ou secar minha pena. Tudo bem não receber nada. Mas terão que agüentar minhas queixas. Tenho pena desse pessoal adepto dessas seitas triunfalistas. Isso aí é frustração anunciada. Por outro lado, tentar anular parte do evangelho, como fazem os ditos reformadores de araque, também é fria. A reforma é um privilégio dos crentes norte americanos. Nem na Europa, onde ela aconteceu, funcionou como se esperava. Conseguiram acabar com a Igreja Cristã lá e depois atravessaram o atlântico. Aqui nunca chegou. Os missionários que trouxeram o evangelho protestante para cá, da reforma, só trouxeram o repúdio ao papado.

Não é a toa que o Papa atual pensa que o Catolicismo é a única Igreja Cristã. Depois de sua passagem e toda a badalação pelo Brasil, só podia dar nisso. Mas ele não sabe nada sobre nós, os grutenses. Melhor assim. Nós somos a verdadeira e única Igreja Cristã. Afinal, Jesus de Nazaré disse: “No mundo tereis aflições”. Só nós cumprimos esse requisito, à risca.

Bom, agora farei o exercício supremo de caminhar para o deserto, como prometi. Deixarei tudo preparado para amanhã e você pode vir sem medo.

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

7 thoughts on “Órfãos da Reforma

  1. E o deserto se mostra a nós como se fosse impossível sair dEle….
    Quando caminharam por quarenta anos, eles poderiam sair em três meses…
    O que não os tirou de lá, foi a dureza das cervis..
    Talvez seja conosco assim..
    abraços

  2. Não que eu não queira dobra-la. Ela é que é dura mesmo de nascença.
    Quem me livrará do corpo desta morte? A morte, naturalmente, como diria o Brabo.

  3. Ah, e milagres são coisas que não costumam acontecer com frequência a grutenses. Acho que as atenções divinas estão voltadas para o R.R. Soares. Lá sim acontecem milagres diariamente.

  4. Hernan
    Ficar assistindo os testemunhos no R. R. Soares me lembra quando eu era menino e meu pai me levava à sorveteria para ver os meninos obedientes tomar sorvete, dizendo: Se você fosse obediente como eles, eu até te comprava um sorvete.

  5. Graças a Deus!!!Desobediente segundo o dicionário significa …mas segundo o conteúdo “social”…ou militar… é outra coisa. Neste contexto de granja orwelliana em que vivimos é um privilegio!!! É optar, decidir, atributos divinos que alguns receberam.
    Eu não vejo, nem ouço, nem quero saber da família Soares – Malafaia – Macedo – Tonnini, etc.
    Os coitados não receberam a “unção” da desobediencia, que eles confundem com a obediencia da fé.

    Mas esses são conhecidos, talvez a cara de pau deles seja até um atenuante. Tenho mais medo dos lobos em pele de cordeiro, que posam como politicamente corretos e talvez escondam verdades horripilantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.