A Gruta do Lou

O pedido de uma mãe – Dária

amigo lou,

A Dária está novamente em cuidados intensivos. Pela primeira vez, pedi a Deus que a tire do sofrimento e a leve, pois não vejo justificação para tão prolongado sofrimento.

melly
Firvidas@aol.com

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

5 thoughts on “O pedido de uma mãe – Dária

  1. Experimentei o presenciar do sofrimento prolongado, como a Prova de Fogo na minha vida.
    Perdi completamente a Fé na existência de um Deus Misericordioso quando a Joana, com apenas 14 anos de idade, faleceu após vários anos de intenso sofrimento com um cancro no cérebro.
    Presenciei a coragem dos seus pais, a coragem da Joana, a Força.
    Eu vi o quanto eu era pequena naquela altura.
    E perdi a Fé após a sua morte. Se por vezes tinha dúvidas acerca da Existência de Deus, ali se foram desvanecendo.
    Um Deus misericordioso não permitiria tal sofrimento e por tanto tempo… pensei eu.
    Não vou aqui contar como finalmente encontrei o Caminho de Volta.
    Apenas acrescento que foi a perda de Fé que me Conduziu finalmente e definitivamente até Ele.
    Em PAZ.
    Curiosamente, hoje, estou numa situação semelhante…
    um amigo está morrendo de cancer e não quer morrer. Tem apenas 40 anos, casado, com um filho de 14.
    E está sofrendo imenso.
    Seu nome é Paulo.
    Deixei-lhe um bilhete no hospital onde lhe apresentei a Mensagem da Salvação (vergonha minha, não fui capaz de lhe falar na cara).
    Que Deus possa fazer a Sua Vontade.
    Ainda que sofra muito tempo…
    Ele continua a ser Deus.
    Ele continua a Agir da Forma Correcta.
    Que Deus também faça a Sua Vontade na vida da Dária.
    God bless you.
    T.

  2. Não tenho o que dizer. Sinto que qualquer coisa que eu disser será equivocada. Gostaria apenas de dizer que não condeno a atitude dessa mãe. Deus sabe o quanto ela sofre e qual o limite de suas forças. Que ele faça o que tiver que ser feito…

  3. A atitude sessa mãe é o desespero e o amor.. que prefere ver a sua filha livre dela!
    Que Deus as console pois somente n’Ele há paz.

  4. Pingback: Lou Mello

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.