A Gruta do Lou

O maior pregador do mundo

sandálias_do_pescador

O lugar mais nobre onde ele pregou foi em uma sinagoga de quinta, em uma cidade pequena, no fim do mundo. Seu auditório preferido tinha o teto formado por estrelas e era refrigerado pelo vento. Seu público sentava no chão e seu púlpito era um barquinho que se afastava da praia para ele ser visto por todos.

Ele não fez faculdade, mestrado e doutorado em lugar nenhum. Nunca preparou um esboço ou escreveu o que iria dizer ao povo. Muito menos, usou um notebook ou apresentação em power point para pregar. Isolava-se, buscava os lugares insalubres e dava preferência aos excluídos. Dirigia-se ao lugar das palestras a pé. Na verdade, nunca teve carro. Nunca usou terno e muito menos gravata. Usava sandálias.

Suas ilustrações eram toscas histórias campesinas ou referiam-se à pesca. Seus ensinos perduram há mais de dois mil anos.

O que foi que o pastor falou mesmo, domingo passado?

Capricornio PB

Share this:
Share this page via EmailShare this page via Stumble UponShare this page via Digg thisShare this page via FacebookShare this page via Twitter

7 thoughts on “O maior pregador do mundo

  1. Lou, o Elienai Jr, outro dia fez alusão, digo, analogia oportuna ao momento religioso. Usou, inclusive, um texto de Maguiavel. creio que vc conhece muito bem. reproduzo aqui para nossa reflexão. “Os fins justificam os meios. Portanto, se um príncipe pretende conquistar e manter o poder, os meios que empregue serão sempre tidos como honrosos, e elogiados por todos, pois o vulgo atenta sempre as aparências e os resultados, …” Há tempos que vimos e ,ainda, ouviremos muitas palavras soltas ao vento. Fique na torre de vigia…

  2. A prova cabal, suficiente. O que permanece, o que o tempo não consegue corroer com suas engrenagens ácidas é apenas aquilo que foi construído sob o pilar do amor. O amor, aquele que ao fim corroerá o próprio tempo.

    Abs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.