A Gruta do Lou

O Consolo de Daniel

Daniel deve ter sido um grande cara. Mesmo sem ter conhecido o Mestre, ele foi um grande cristão. Também não havia igreja evangélica no tempo dele. Se houvesse ele tiraria de letra, provavelmente, faria parte do conselho fiscal e não aprovaria as contas do pastor, caso houvesse treta ou mutreta nelas.

O anjo de Daniel, ao estilo Raniel, arrumou encrenca com a turma da rua de baixo e atrasou vinte e um dias para chegar com a resposta de Deus para o profeta. Foi preciso o reforço de Miguel e sua tropa de elite. O Raniel deve estar metido em alguma confusão com aqueles caras chifrudos, suspeito. Minha resposta não chegou ainda, Pode? Nem a do Thomas, aliás, de ninguém, aqui de casa.

Se você quiser se livrar de Deus, venha passar uns dias aqui conosco. O barba branca não gosta de Sorocaba. Pudera, aqui está o berço da maçonaria brasileira. Se o sujeito não for maçom, nesta cidade, já era. O meu caso, por exemplo. Aliás, essa parece ser a regra no mundo inteiro. Para ter lugar ao sol, você precisa ser branco, anglo-saxão, protestante da reforma européia, maçom e/ou judeu.

Sou mesmo um cara exótico. Não sou branco nem negro. Anglo-saxão, só se for a minha cueca. Sou protestante, mas por aqui nada de reforma, por enquanto. Nosso Lutero deve estar retido na alfândega por não querer pagar propina aos nossos ávidos fiscais da receita. Tenho medo da maçonaria e dos maçons, eles são muito estranhos. Em verdade, desde criança detestava esses lugares onde mulher não entra. Só uma vez estudei em colégio exclusivo para meninos e não gostei nadinha. Pedi para minha mãe me mudar para um colégio misto. Adoro o cheiro feminino. Graças a Deus, escapei do exército. Aquilo não daria certo comigo, um dos dois sucumbiria. Também não tive a sorte de nascer judeu, se tivesse, provavelmente teria vivido na época do holocausto e na Alemanha.

Jesus não estava brincando quando mencionou aquela história de tomar a nossa cruz e seguir a dele. Alguém aí estaria interessado em uma cruz em bom estado? Não precisa pagar nada e o frete é por minha conta. O Mestre vai me desculpar, mas estou ficando velho para andar por aí carregando esse negócio. Aceito um notebook em troca, que não seja aquele do Matusalém.

Poe essas e outras, cresce a minha admiração por Daniel. Além de domar os leões só com o olhar, ele voluntariamente preferiu comer legumes. Inacreditável. Se depender de comer essas especiarias exóticas para ser socorrido por Deus, estou frito. De leões quero distância, especialmente os de Judá.

Então me disse: Não temas, Daniel, porque desde o primeiro dia em que aplicaste o coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, foram ouvidas as tuas palavras; e por causa das tuas palavras eu vim. Dn. 10:12

Esse é o cara. Morro de inveja dele.

Share this:
Share this page via EmailShare this page via Stumble UponShare this page via Digg thisShare this page via FacebookShare this page via Twitter

7 thoughts on “O Consolo de Daniel

  1. E quem disse que não és como Daniel?

    Agora essa da cueca ser anglo-saxónica… foi demais! hehehehehehe
    Já me fez bem rir.. desculpa Lou!
    Eu sei que não devemos rir da desgraça alheia, mas tens esse dom… !
    Já pensaste ir para o circo e fazer de palhaço? 😀
    Pelo menos bom humor não falta.. pobretes mas alegretes!

    E quem disse que palhaços são bem humorados? São deprimidos, sofridos e aprendem a fazer os povos rirem de suas misérias. Não sou muito bom com o público. Melhor com o teclado, mesmo. Mas começo todos os dias rindo, afinal, a primeira coisa que faço é olhar a minha cara, ao contrário, no espelho. 🙂

  2. Lou, se eu fosse escolher um personagem bíblico para me identificar seria o Gideão, antes claro de ele ter virado um Gideão.

    Gideão era mesmo da pá virada. Ainda encontrarei algum lado cômico nele, caso contrário abordarei o teste de Gideão, mesmo. Sempre rende boas risadas. Contei essa história em um acampamento de jovens e o pessoal riu muito. Mas nunca mais me convidaram para pregar lá. Talvez tenham rido só para me agradar ou os líderes se escandalizaram um pouco com o lado erótico da situação. 🙂

  3. Êba, vai contando aí o lado erótico da história de Gideão.

    Ué, você não sabe? Está na bíblia, o teste que Gideão fez para escolher os caras melhores. Ele pedia para eles beberem água no rio. Dependendo do jeito (de quatro ou trazendo a água até a boca) ele fazia a escolha. Contar o teste olhando com olhos perversos rende boas risadas e o furor dos púdicos pastores e suas senhoras castas

    . 🙂

  4. é… que teste de Gideão é esse ai, Lou???
    beijos,
    alê

    Então, é a mesma resposta que dei para a Bete. O teste para a escolha dos melhores. Está na Bíblia. 🙂

  5. O trecho do Holocausto me fez rir.
    Um outro personagem pirado foi Oséias, esse não creio que alguém seja capaz
    de enxergar o lado hilário! Pra ele eu tbm tiro o chapéu! :]

    Sim, Oséias é dos melhores personagens bíblicos, sou fã dele, também.

  6. o teste na Bíblia eu conheço..queria ver VOCE contando…
    beijos,
    alê

    Espero que você não se arrependa. Tentarei gravar em vídeo e te aviso quando conseguir. Bjs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.