A Gruta do Lou

Não formate sua HD

hd_pordentro

Sou radicalmente contra a formatação de HDs.

Você dirá: Lou, não se começa um texto pelo fim, ou melhor, evidenciando a sua conclusão.

Sim, sei disso. O método ideal é enunciar a proposição, fazer uma introdução robusta, daquelas capazes de acorrentar a vítima ao texto, então entrar com o corpo ou o assunto propriamente dito e, finalmente, matar a charada com seu Gran Finale ou seu exórdio, poslúdio, o que seja.

Entretanto, nesse caso, prefiro ir direto ao ponto: “HDs não devem ser formatadas”.

Poderia fazer agora uma longa exposição técnica sobre os malefícios causados nas HDs quando elas são formatadas. Mas isso seria chatíssimo de ler e também de escrever. Mesmo porque, esse blog não é nada adequado a esse tipo de explicação tecnológica. Mas para o perfil de leitores como você, interessado mais nas coisas espirituais em estilo meio avacalhado, como é o meu, para não dizer rebelde e irreverente, isso não acrescentaria quase nada.

Talvez você aprecie saber algo como: Há um limite para formatar sua HD e ele varia de HD para HD. Algumas suportam várias formatações e outras poucas ou mesmo uma ou duas.

A opção pela formatação se dá pelos piores motivos possíveis, geralmente: pressa, preguiça, picaretagem, etc. Dizem, não sei, serem, os formatadores compulsivos, ejaculadores precoces, todos. Quando eles terminam de gozar com sua formatação precipitada, sobram uma HD murcha e uma máquina insatisfeita, sem falar na importante redução da vida útil da HD.

Dizem, de forma muito suspeita, serem os pastores, em sua grande maioria, todos uns tremendos formatadores. Adoram formatar todas as suas ovelhas. Discipulado, ensino, paciência, longanimidade, solidariedade, generosidade e amor ao próximo não faz parte da cartilha desses caras.

Quando você está diante de uma HD com problemas, salvo os casos de hardware defeituoso, é preciso jeito. Primeiro uma boa inspeção investigativa das causas do (s) problema (s), até a obtenção de um diagnóstico seguro. Então, você começa o movimento em busca da eliminação deles, um a um. Isso pode ser um processo muito lento. Algumas HDs chegam ao gabinete pastoral, digo, oficina de micros, extremamente machucadas por dentro. O final do conserto só acontecerá quando o último problema for sanado.

Será sempre uma questão de jeito, amor ágape, carinho e dedicação. Como diz o Eugene Peterson, os formatadores são desnecessários.

14 thoughts on “Não formate sua HD

  1. Pingback: Lou Mello
  2. Pingback: Adrian San
  3. tenho me deparado com metáforas muito inteligentes ultimamente.. essa não foge à regra. abraço

    Nada como um bom sentimento de aprovação. Obrigado.

  4. De informática, mesmo, só entendo o -ática… Então, LH, me explique por que você usa o feminino pra se referir a HD. Do resto também não entendo muita coisa. Concordo que tem explicação que é melhor começar pelo fim, e que essas são mais eficientes – se é isso que se requer de uma explicação – mas me confundo um pouco com explicações de todo tipo, principalmente se for eu que precise explicar.
    Já formatei duas vezes meu HD (desculpe a ignorância do masculino), uma porque havia um vírus taliquali o HIV, que impedia o anti-vírus de ser atualizado. Outra, porque havia algo que impedia a interface do sistema de rodar, e sem interface fica difícil de lidar com o sistema. Hmmm… Acho que isso também serve como uma sutil metáfora, gente.

    Pois é, havia outra pegadinha embutida aqui. Sou tão velho que no meu tempo o machão disco rígido era mulher e chamava-se Winchester. No caso, preferi o lado feminino, embora em desuso, das HDs porque a idéia de um estupro (ou uma relação sexual mal resolvida) me interessava. Desculpe. Hoje em dia, elas (as HDs) estão todas de calça, bota e falando bem grosso. Ih! Lá vem metáfora.

  5. Pior que um HD formatado e reformatado é um PC com memória lenta ou curta. Coisa assim de uma Ferrari com pneu de bicileta.

    Trate dos Spywares, eles são os maiores causadores de lentidão nas máquinas. Se não resolver, consulte um médico. 🙂

  6. Xi!!! Tô lascada… nesse negócio de formatação, a única
    que eu faço é a formatação dos biscoitos, o resto
    corre solto mesmo, ao sabor do vento…

    Nesse caso, vejo você salva, duplamente.

  7. No fim o que pastores querem mesmo é que nossa memória seja RAM, basta um reboot para esquecermos de tudo.

    Muito bom!

  8. Raquel,você me salvou!Eu formato bolos…redondos,quadrados,com pitadas de carinho e dedicação,pena que as vezes os vírus entrem
    e eles não saiam bem como eu queria…
    Vou ter que usar um anti-vírus na farinha.

  9. Em casos muuuuuuuito complicados, quando uma formataçao nao resolve, é melhor jogar o HD fora mesmo… tem sempre modelos novos e melhores na praça!

    Cuidado com isso, meu. Além de ser contra a formatação, aconselho fidelidade às HD, eterna enquanto dure, claro. 🙂

  10. Sem formatadores, não há formatação.
    Sem formatação, às vezes, não há conserto.
    Como lidar com isso?

    São raríssimas as situações em que os problemas de software não possam ser consertados sem formatar a pobre HD.

  11. Sobre formatações e formações,discipulados e coisas afins, fico me perguntado que fim levou as parábolas, o exemplo… o “quem tiver ouvidos para ouvir ouça”…?
    O Galileu não formatava ninguém ele constrangia é diferente…Cuidado com a palavra, o que os pastores fazem hoje não é constrangimento é violento mesmo.
    O Nazareno falava, fazia e depois deixava o negócio fazer efeito na consciência das pessoas,afinal de contas é lá que mora a liberdade e onde a liberdade está aí está a intenção, quem tinha ouvidos ouvia e se trasFORMAva.
    Desculpe Lou eu não entendo muita coisa de informática…

    Tá limpo! Melhor assim porque posso ganhar alguns trocados a mais, sempre.

  12. “E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.”
    Compreender a vontade de Deus em nossas vidas é a única coisa capaz de nos dar um HD novo.

    A idéia é deixar Deus consertar nosso HD ao invés de tentar arrumá-lo de forma violenta ou, pior, não fazê-lo.

  13. Taí, gostei do tema. Uma boa ferramenta é fundamental para se instalar um bom programa. A maioria dos meus programas ainda tá rodando em DOS, veja você.

    Se você acredita nisso, não tentarei convencê-la do contrário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *