A Gruta do Lou

Liberdade da Mulher

Terça-feira, Fevereiro 28, 2006



Um outro lado desse acontecimento, Katilce X Bono está no fato de que esta senhora é esposa e mãe. Bono dançou com ela, beijou-a, abraçou-a e no momento mais frenético simulou sexo oral com ela. Todos nós gostariamos de ver nossas esposas e mães ali no lugar da Katilce. No dia seguinte, poderiamos sair pelas ruas com uma placa na cabeça com os dizeres: “Ela é minha esposa” ou “Ela é minha mãe”. Nossos filhos na escola, poderiam contar a todos os amiguinhos que aquela mulher que dançou, beiljou, esfregou-se com o Bono frente a milhares de pessoas era a mãe deles. É, a mulher conseguiu libertar-se.

Pô, ninguém solicitou a receita do Bolo de Fubá da Dedé!

Pior, ninguém quer a Bolsa Esposa. Estou atônito.
# posted by Lou @ 10:27 AM

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

9 thoughts on “Liberdade da Mulher

  1. Atônito?

    Não vos espanteis, mano. Não tenho televisão aqui no Monastério (falando sério) por isso só sei da Katilce de ouvir falar. Não sabia da parte do sexo oral, mas deveria ter imaginado – mea inocentia. Porém talvez a dona mereça de fato a nossa admiração, por ter feito às claras o que muitos fazem às escuras e dão a entender que nunca fazem.

    Quanto à Bolsa-Esposa sou contra por trocentos e trinta e nove motivos; no topo da lista está que o anarquista dentro de mim é absolutamente contra qualquer subsídio ou intervenção governamental por mais bem-intencionada que seja. O restante dos motivos você vai ficar sabendo com o tempo.

    Cara, a receita não quero, mas uma fatia vai bem.
    # posted by Paulo Brabo : 2/28/2006 1:22 PM

  2. Pois é, assim vivemos na hipocrisia, na promiscuidade, no enfraquecimento da família, no assistencialismo eleitoreiro, na economia dos farrapos, etc…
    # posted by Luiz Henrique Mello : 2/28/2006 8:57 PM

  3. Pois é… acho q temos que agradecer a Katilce por essa demonstração de fidelidade a familia, esse exemplo de mãe e mostra perfeita de esposa.

    Bolsa esposa, mto bom, de onde você tirou esse nome?

    quanto a receita, prefiro não pegar pra não correr o risco de alguém dizer que o bolo é ruim… sou péssima como cozinheira… Mas de qualquer forma, obrigada por oferecer!
    Abraço
    # posted by Camila : 3/02/2006 12:46 PM

  4. Camila, nos tempos do regime militar, receita de bolo era sinônimo de censura, como você sabe. Quanto ao Bolsa Esposa, inspirei-me no Suplici. Quem sabe o Lula não me dá uma boquinha, também. Hi, hi…
    # posted by Luiz Henrique Mello : 3/02/2006 10:04 PM

  5. Por isso minha mulher não vai mais em show de bonitinho. Também não deixo ela ver o jogo da seleção brasileira de futebol com mais gente em casa. Ela fica gritando para o Ronaldinho Gaúcho “lindo”, “lindo”… Depois reclamam quando a gente bate na mulher (brincadeirinha)…
    Marcelo
    João Pessoa-PB
    # posted by Marcelo Hagah : 3/06/2006 2:30 PM

  6. Marcelo, mais legal ainda se ela não o fizer por vontade própria, com consciência do papel de mãe, esposa e a pessoa mais importante da família. Certo? E você ali, com um sorriso maroto no canto da boca, todo orgulhoso.
    # posted by Luiz Henrique Mello : 3/07/2006 8:15 PM

  7. Esta senhora está sendo julgada pela atitude? Ou pelo fato de
    ser mulher, esposa, freira ou sei lá o que mais…

    Minha idéia não era julgá-la. Pensei apenas nos filhos e marido dela. Bobagens de um idiota romântico. Não ligue.

  8. Fecho com o Brabo e com a Raquel. Até mesmo nós, que nos achamos livres de tabus e preconceitos, muitas vezes enrustirmos chamas ardentes que nos incomodam… Então crucificamos a tal Katilce e outros que tem atitudes que nos incomodam…
    Me manda a receita de bolo da Dedé, por favor. Agora quanto ao bolsa esposa, Lou, nem pensar. Nós mulheres temos capacidade de exercer nossas profissões.

    A idéia era analisar o ato e não a pessoa. Adoro a Katilce.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.