Igreja Batista da Lagoinha esvaziou durante mensagem do Promotor Público Federal Dallagnol

Igreja evangélica esvaziou durante pregação de Dallagnol — e pastor chamou fieis de “tolos”.

Hermes C. Fernandes

Que pastor midiático esperaria que seu rebanho virasse as costas e deixasse o templo no momento em que seu púlpito fosse entregue a um procurador responsável pela Lava Jato?

Pois isso ocorreu em agosto passado na igreja da Lagoinha, em Belo Horizonte, no “culto fé” dirigido pelo pastor e cantor André Valadão.

Enquanto Dallagnol falava, apresentando um powerpoint, as pessoas começaram a sair do templo, esvaziando o local.

Na semana seguinte, Valadão fez críticas ácidas aos frequentadores. O vídeo viralizou apenas esta semana, misteriosamente.

Segue abaixo o desabafo do Pr. André Valadão

Fonte DCM   

 

1 thought on “Igreja Batista da Lagoinha esvaziou durante mensagem do Promotor Público Federal Dallagnol

  1. Não faria o que fez o André Valadão. Ele é novo ainda e aprenderá a lidar melhor com situações como essa, talvez. Tantos políticos e pastores corruptos já ocuparam os púlpitos das igrejas e poucos viraram as costas para eles.

    Ao contrário, o Dr. Dallagnol é promotor público federal, com pós graduação em Harvard, encarregado das investigações da Lava Jato e imagino que sendo cristão, mais seu compromisso com a manutenção da Lei e da ordem, trabalha para desmontar a rede de corrupção que está assolando nosso país.

    Ficou sem nexo a atitude do povo nessa noite exótica. Se tivesse que adivinhar a razão dessa atitude, apostaria todas as minhas fichas na alienação. Afinal, que tipo de cristão frequenta a Igreja Batista da Lagoinha?

    Seria um grande elogio determinar que essa gente tenha alguma posição política e, muito menos, alguma ideia sobre o trabalho do Dr. Dallagnol, o juiz Dr. Sérgio Moro e suas equipes.

    Não creio nem que essa gente pudesse ter alguma atitude de protesto. Provavelmente, algum liderzinho deixou o palco para ir ao banheiro e eles entenderam como sendo sinal para todo mundo picar a mula, mesmo porque estavam ali perdendo o Big Brother que rola no mesmo horário.

    Agora, que foi punk, ah, foi. Adoraria estar presente, mas não vou pois tenho medo que alguém me faça um self e poste no Feici. Já pensou?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *