A Gruta do Lou

Horizonte Tangível


“O sonho é ver as formas invisíveis
Da distância imprecisa, e, com sensíveis
Movimentos da esp’rança e da vontade,
Buscar na linha fria do horizonte”

Fernando Pessoa

Do mundo todo chegam E-mails. Querem saber como foi o encontro de ontem.

Para o Volney foi muito bom e para o Adiron ótimo. Eles devem ter sentido o mesmo que eu. Apesar de ter sido uma reunião de poucas pessoas (sete, oito ou seis às vezes) e a transmissão mais contatos MSN e Skype não terem funcionado de jeito nenhum, fiquei com uma sensação gostosa no final, de ter vislumbrado a linha do horizonte depois de dias e dias de neblina e tormentas. Percebi emoção extra, tesão mesmo, em cada um dos participantes, uns mais até, mesmo para as assustadas Beth e Camila. Veja mais, aqui.

Esse encontro, que deverá continuar (já a partir de janeiro), é um sonho realizando-se. Enquanto ouvia meus amigos falando com brilho intenso, sofrendo por não conseguir a conexão para colocar as pessoas que não puderam ir ao local do encontro, lembrei do Amir Klink e pensei: prefiro mil vezes estar aqui emocionado, mesmo com esses contratempos, a estar em qualquer outro local lamentando nunca ter começado, nunca ter caminhado na direção do meu sonho.

Adorei a presença de cada pessoa presente e sofri com a ausência de cada um que não pode ir, claro. Mas foi bom demais sentir o gosto que fica na boca quando se vai em busca de nosso horizonte. Não tenho palavras para agradecer a cada um que participou de alguma maneira, inclusive quem ficou na retaguarda orando e se preocupando. Para mim isso é de suma importância, ainda que o Gondim tenha decretado o fim da oração no dogma cristão.

Deveria ter alvos mais definidos, mas meu maior alvo é não perder a chance de estabelecer minha rota com a participação de vossas mentes iluminadas. Depois que deixei a reunião, na companhia e carona do Oswaldo e sua linda Mercedes Benz, saltei na Av. Paulista e peguei um outro Mercedes, um pouco maior dessa vez, e fui até o Adalberto devolver o notebook e mendigar a passagem de volta para casa. Naquele instante, não sentia ter forças suficientes para voltar até Sorocaba a pé, se bem que euforia não me faltasse.

Agradeço a todos vocês, à nossa Gruta, outro sonho que me faz muito feliz, por causa do nosso convívio, pela realização desse momento. Em especial ao Volney que viabilizou tudo, em termos de infra-estrutura com uma sala ótima com direito a café, água, etc., e ainda fez uma participação essencialmente indispensável na reunião. O Adiron e a Andrezza por terem dividido sabedoria e experiências riquíssimas conosco. Não penso em caminhar sem eles nisso, em momento algum. Seja em benefício de uma Igreja Emergente, da boa filantropia, do meu Corinthians ou até na eleição de um bom candidato, ficou claro que estamos cheios de garrafas vazias para vender. Nossos sonhos poderão se realizar e esse foi um grande movimento de esperança e vontade.

Agora o plano é levar o Thomas a São Paulo, no sábado, para uma reunião com a turma de fãs e dubladores do Chaves (o comediante mexicano) em um restaurante, enquanto participo do encontro dos ex-alunos do Vocacional no Lá Guardia, em Moema. Esse ano, ele só saiu de casa para ir ao médico ou a hospitais. Devo isso a ele.

4 thoughts on “Horizonte Tangível

  1. Cara, como eu gosto de laranjas!!!!!
    Ontem a internet à tarde foi um caos. Não carregava quase nada, travava no meio, fazia diagnóstico, voltava a msg de que tudo tava funcionando, enfim, uma m…
    Óbvio que me frustrei mais ainda por não ter ido a SP com vc. E o evento da afilhada, que eu marquei como sendo às 18:30, era às 20:30 h! Até dava pra ir e ficar até umas 5 h da tarde. Não sei se valeria a pena. Mas fico contente que deu certo e que terá continuação.
    Parabéns!!!

    Aliás, só postei a foto por causa delas… as laranjas. Na verdade, a exploração da mulher objeto é uma tática de marketing e propaganda para chamar a atenção para nosso verdadeiro interesse, como você bem sabe. Acho que elas não se importam, quando a causa é boa. 🙂

    De fato você fez falta. Mas faremos outros e, certamente, você poderá compensar essa enorme perda. Vai preparando a palestra. Obrigado.

  2. Eu entendo que a falta de skype, câmeras e quaisquer aparelhos de registros deixou a coisa mais com jeito de conspiração. Uma conspiração para o bem.

    Do elegante Volney à competência do Fábio e à transparência da Andrezza, culminados com seu sincero arremate, estava tudo perfeito. É bom demais dar um novo passo, e foi bom demais para mim estar presente vendo a história acontecer.

    (ar condicionado, água e café perfeitos valeu Volney)

    Sua presença muito nos alegrou. Se conseguimos cativá-la para o lado da nossa causa, melhor ainda. Diria que seria o caso de algo que saiu melhor que a encomenda.

  3. Conte comigo para todas as empreitadas. Mas daquele time da marginal eu estou fora…nessa você vai com outras companhias…

    Abraços

    Fábio

    Nem com o Ronaldo Fenômeno? Acho que aparecerá um monte de saopaulinos, palmeirenses e santistas querendo uma boquinha. Mas isso pode não ser bom para mim. Embora não tenha compromisso com nenhuma das atuais facções, a menos provável seria a atual. Com essa contratação a chance deles permanecerem cresce muito. Mas a idéia é boa para qualquer equipe. Seria um outro campo de trabalho para fazer desenvolvimento com bom potencial. Certo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *