A Gruta do Lou

Happy 3th birthday

Tem gente que não se toca mesmo. Como alguém pode insistir tanto em certas porcarias?

Entretanto, aqui estamos nós, com ou sem imbecilidades como a reforma ortográfica. Ao invés disso por que não aposentam logo nossa língua ultrapassada e desnecessária e adotam, de vez, o inglês como língua oficial e nos livram dessa palhaçada toda.

Passamos mais de vinte anos na escola, sendo martirizados pelas donas Divas da vida, com aquelas idiotices gramaticais e literárias como o chatíssimo Fernando Sabino e outros xaropes do mesmo estilo, para descobrirmos, ao ter que enfrentar a vida, que a língua a ser aprendida era a inglesa. Pior é ter submetido meus filhos às mesmas tolices.

Foi em um dia igual ao de hoje, tempo feio, nada de bom para fazer e telefone mudo que a Gruta surgiu. Surgiu com o nome de “Well my Friends”. Entendeu agora, cabeção?

Daí, alguns dias depois, ao assistir um jogo do meu Corinthians, na Globo, o Galvão abre a transmissão dizendo: bem amigos… Mudei o nome do blog na hora. Tasquei logo um nome em bom português, reduzindo meu universo em 85 %. Nós somos burros ou não somos?

Mantive um blog chamado Lou Cave, todo esse tempo. Só serve para destilar meu veneno contra o Lula, esse insuportável presidente com cara de metalúrgico e um dedo a menos, que vem fazendo o melhor governo dos que pude presenciar (ooooo…), apesar de não saber falar português como me convém.

Pretendia postar os mesmos textos da Gruta em inglês. No segundo, desisti da ideia. Traduzir ao contrário é outra história, percebi.

Acabei concluído que sou um analfabeto universal, como são todos os infelizes que só conseguem se expressar nessa língua portuguesa exótica, com importância mínima, em termos globais.

Só três caras conseguiram dar-se bem nessa língua patética: Camões, Fernando Pessoa e o velho e ateu Saramago. Todos da pátria mãe.

Aqui todo mundo fala em Machado de Assis, mas fora daqui, ninguém sabe quem foi essa figura. O cara não conseguiu emplacar porque só sabia se expressar em português, embora tenha tentado mudar isso.

Talvez o fato de seu principal herói (Bentinho) ser corno, não tenha ajudado muito. Ele deveria ter escrito sobre a cegueira dos falantes em português ou O Evangelho Segundo Jesus Cristo, coisa que nem o Nazareno foi capaz de imaginar.

Euclides da Cunha, é muito mais conhecido, apesar de não ter escrito mais do que um livro (que prestasse), se bem que o outro não fez mais do que isso, embora tenha tido a feliz ideia de fundar a Academia Brasileira de Letras, uma grande piada, para não dizer tragédia.

Perceberam como nossas iniciativas beiram às excentricidades woodalleianas? Todo mundo pensa que somos bons piadistas, mas não se dão conta de que aqui as piadas estão prontas e à nossa disposição: nós somos as piadas.

Imaginem, um blog chamado a Gruta do Lou. Ridículo. Blog bom é o do Marcelo Tas, o Pavablog, do amigo Pavarini e o Querido Leitor da Rosana Hermann. Todos tupiniquins como a Gruta, mas recheados dos estereótipos requeridos, coisa que não somos capazes de fazer.

Esses três deveriam falar inglês, nos blogs. Sucesso garantido diante de plateia tão seleta.

Bom, gostem ou não, continuaremos carcando na cacunda desse monte de hipócritas necessários, a fim de conseguirmos alguma notoriedade. Afinal nosso ego não é de ferro e precisa de valor para sobreviver. Haja saco para escrever mais três anos.

Deveria agradecer a todos os leitores e visitantes (pessoas que entram e quando veem o tamanho da coisa, desistem), mas não sou tão hipócrita assim.

Morro de dó de vocês, ter que aguentar toda essa baboseira maltrapilha aqui. Digno é o Warren e seus fiéis seguidores (não direi os nomes deles para não privar-me dos comentários dos “em cima do muro”).

Mas o beijo na careca e nas perucas continua garantido, seus calvinistas enrustidos. Sai do armário meu.

7 thoughts on “Happy 3th birthday

  1. Você esqueceu o blogue do Paulo Coelho. Experimenta fazer um comentário lá que seja minimamente inteligente. Não passa pela moderação. Só passam os do tipo: que lindooooo,que sábioooo, nossaaaaa! Mas é o que todo mundo gosta, vai entender…

    Falando em blogue o meu anda às moscas, e eu só venho comentar aqui, e tento falar alguma coisa engraçadinha, pra ver se atraio os seus leitores pro meu, acho que ninguém mais faz isso não é?…coisa de grutenses.

    Não liga não. A maioria dos blogueiros saiu em férias. Logo eles voltam e tudo volta ao normal. Quanto ao Paulo Coelho, eu abdicarei. Dele só invejo o castelo no sul da França, onde eu devia ter morado por toda a minha vida. Deus é mesmo esquisito no item justiça.

  2. Olha lá em Lou!Mais três anos?? Muitos anos a mais!!!Se estamos aqui,é porque de alguma maneira, suas palavras e sua verve nos fazem no mínimo pensar, e pela Graça de Deus nós,seus leitores temos muito em comum com você, embora muitas vezes não pareça…

    Aqui tudo serve para produzir mel, por isso as abelhas vivem sugando a nossa seiva.

  3. Happy Birthday to you!!Ops,Parabéns a você!

    Parabéns à Gruta. Faz tempo que ela deixou de ser minha. Percebi isso na primeira vez que ameacei encerrá-la.

  4. Parabéns atrasado…

    e é bom encontrar um lugar anti-social na blogosfera, para os inconformados com o mainstream…

    a gruta é o símbolo máximo do eremita que se isola para se preservar…

    3 anos não veio a toa! Parabéns!

    Tá limpo e a Gruta agradece. Gostei da definição: ‘um lugar anti-social na blogosfera, para os inconformados com o mainstream…” Perfeito! Apareça mais.

  5. A linguagem dos Anjos pode ser escrita em inglês,português,
    aramaico,sinais etc,etc…o alvo a ser atingido é algo
    acima da racionalidade.

    Não vou mais negar:daqui uns dois meses estarei totalmente
    careca.

    Parabéns pra você!!! Mas quem recebe presentes são os seus
    leitores.

    Ah, Ha! Te peguei no pulo! O post de hoje (O medo da morte) começou quando li esse seu comentário. Há um livro chamado: Com a Vida de Novo que tenho recomendado muito. Infelizmente o meu exemplar virou comida em nossa mesa. Mas pode ser encontrado na Livraria Cultura, seguindo o link. Deus te abençoe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *