A Gruta do Lou

Estive entre anjos

Simone Weil

Dos arquivos da Gruta do Lou de Maio 20, 2006

Simone Weil citada por Paulo Brabo e Ed Rene, esta semana. Lembrei desse post.

Jantei com meu amigo Daniel Fresnot, autor e consumador das Casas Taiguara e Taiguarinha , na última quinta-feira e acho que estive entre anjos.

Estávamos muito bem acompanhados de nossas esposas, as belíssimas Suzana e Dedé.

O Daniel costuma dizer: “quem salva uma criança, salva toda a humanidade”. Então, ele já terá salvo várias humanidades.

Falou-me de seu projeto atual: a tradução do Livro de Jó de uma versão francesa idônea para português.

Lá pelas tantas voltou a falar de Simone Weil e Edit Staein, duas sofredoras e cidadãs da Gruta, seguramente, como ele.

“Só a contradição fornece a prova de que não somos tudo. A contradição é nossa miséria, e o sentimento de nossa miséria é o sentimento da realidade. Pois nossa miséria, não a fabricamos. Ela é verdadeira. Eis porque é preciso adorá-la. Todo o resto é imaginário.”

       Simone Weil
 
Após, jantarmos, nenhum de nós tinha a menor ideia sobre como cobriríamos a conta bancária na semana seguinte. Nem a deles e nem a nossa. Mas, anjos não se preocupam com essas coisas desse mundinho.
 
lousign
Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

2 thoughts on “Estive entre anjos

  1. Sem dúvida as contradições fazem-nos ver o nosso pequeno umbigo e lembram-nos que somos nada.
    Mas nada melhor que ser abanado pela contradição que resulta do choque da nossa (limitada) racionalidade e uma evidência (ilimitada) surpreendente do poder de Deus: Aí sabemos que não somos nada, mas N’Ele podemos ser tudo!

  2. Pingback: Lou Mello

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.