Era uma vez um Mercado Municipal de Santo Amaro – SP

Na manhã desse sábado, estivemos (Luiz Henrique Gonçalves e eu) em Santo Amaro e aproveitamos para tomar um café nas instalações provisórias dos concessionários do Mercado Municipal de Santo Amaro que foi totalmente queimado por um incêndio há pouco tempo atrás.

Atualmente, polícia, justiça e prefeitura de São Paulo tratam das questões burocráticas, para depois iniciarem a reconstrução do Mercado. Na melhor das hipóteses, um novo mercado só voltará a existir por volta de um ano. Pelo menos é o que esperam os mais interessados.

O velho mercado não era só um entreposto de alimentos, mas um ponto de encontro charmoso que concentrava centenas de pessoas diariamente, entre moradores e trabalhadores dos arredores.

Talvez. essa tenha sido a grande perda dos santamarenses, muito mais do que um velho prédio que uma barraca improvisada não conseguirá suprir jamais, por maior boa vontade que haja.

English: Art work permanently in the Santo Ama...
English: Art work permanently in the Santo Amaro Station access. Português: Obra de arte permanente na estação Santo Amaro (Photo credit: Wikipedia)

Chegou a hora de encarar a realidade, esperar que a prefeitura e o atual prefeito (candidato a candidato à presidência de república em 2018) reconstrua algo cujo valor só o povo de Santo Amaro reconheça, em sua plenitude, é correr atrás do vento.

English: Alstom Metropolis arriving in Santo A...
English: Alstom Metropolis arriving in Santo Amaro station. Português do Brasil: Alstom Metropolis Chegando na Estação Santo Amaro. (Photo credit: Wikipedia)

Na melhor das hipóteses, entregarão o espaço para algum investidor estrangeiro, talvez um chinês ou alguém oriundo do Oriente Médio, sem qualquer compromisso com Santo Amaro, que há muito deveria ter sido emancipado como município autônomo de São Paulo. Mesmo assim, dificilmente alguém investirá nos termos esperados.

Não me surpreenderá se, em breve, um novo Pão de Açúcar vier a substituir o velho Mercado, para desespero das famílias, cuja própria história está por um fio de ser enterrada junto com os escombros desse incêndio esquisito. Salvo engano.

Author: Lou Mello

Olha só, pessoal assíduo na Gruta (carinhosamente grutenses) já está careca de saber quais são as minhas graduações e tentativas de pós, etc.
Pessoalmente, não ligo muito para isso. Valorizo muito mais os meus mentores, tais como Dr. Russel P. Shedd, Dr. Zenon Lotufo Jr. e Dr. Dale W. Kietzman. Esse blog está repleto das coisas aprendidas ao longo de minha vida e isso fala por si só.
Meu espírito é missionário. Plagiando o Amir Klink, “Um homem precisa viajar… simplesmente ir ver por si mesmo”. Eu viajei bastante e ainda pretendo viajar. Quem sabe não serei portador de boas novas por aí, mais um pouco?
Atualmente, continuo acalentando o Projeto Corações Valentes, embora ele não tenha vingado ainda. Sinto falta do meu filho Thomas, ele, através de seu sofrimento, me deu essa ideia, antes de partir para a próxima dimensão.
Além de ter lecionado (Ef. Física e Teologia), ensino organizações não lucrativas cristãs a conseguir sustento sem mendigar e, também, tento ajudar as pessoas a crescerem através da mudança comportamental. Sonho, ainda, treinar professores em prática de ensino, quem sabe…
A Gruta surgiu como a forma ideal para a prática de escrever e me livrar dessa coisa interior pressionando meu peito com potencial para me matar.
Também gosto música, literatura em geral, educação e astronomia (minha segunda paixão secreta, Ih falei).
Pena o tempo perdido fazendo falta agora, mas isso não tem remédio.

About Lou Mello 901 Articles

Olha só, pessoal assíduo na Gruta (carinhosamente grutenses) já está careca de saber quais são as minhas graduações e tentativas de pós, etc.
Pessoalmente, não ligo muito para isso. Valorizo muito mais os meus mentores, tais como Dr. Russel P. Shedd, Dr. Zenon Lotufo Jr. e Dr. Dale W. Kietzman. Esse blog está repleto das coisas aprendidas ao longo de minha vida e isso fala por si só.
Meu espírito é missionário. Plagiando o Amir Klink, “Um homem precisa viajar… simplesmente ir ver por si mesmo”. Eu viajei bastante e ainda pretendo viajar. Quem sabe não serei portador de boas novas por aí, mais um pouco?
Atualmente, continuo acalentando o Projeto Corações Valentes, embora ele não tenha vingado ainda. Sinto falta do meu filho Thomas, ele, através de seu sofrimento, me deu essa ideia, antes de partir para a próxima dimensão.
Além de ter lecionado (Ef. Física e Teologia), ensino organizações não lucrativas cristãs a conseguir sustento sem mendigar e, também, tento ajudar as pessoas a crescerem através da mudança comportamental. Sonho, ainda, treinar professores em prática de ensino, quem sabe…
A Gruta surgiu como a forma ideal para a prática de escrever e me livrar dessa coisa interior pressionando meu peito com potencial para me matar.
Também gosto música, literatura em geral, educação e astronomia (minha segunda paixão secreta, Ih falei).
Pena o tempo perdido fazendo falta agora, mas isso não tem remédio.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*