A Gruta do Lou

Cristianismo Careta

Sexta-feira, Janeiro 06, 2006

O grande filósofo Nietzsche (que preferia ser chamado de filólogo), costumava dizer que o cristianismo é niilista. Ele viveu no século XIX e não tinha idéia exata do futuro do cristianismo, se bem que, fez previsões dignas de um profeta, principalmente em seu livro o “Anticristo Maldição do Cristianismo”.

Se Nietzsche vivesse nos dias de hoje, poderia dizer que o cristianismo é careta. Como são vistos os cristãos, especialmente os evangélicos, nos dias de hoje? Algo como um bando de caretas. O que é um careta? Uma pessoa que não bebe, não fuma, não se diverte, não ri, só ouve música gospel, vive lendo a bíblia enquanto viaja no metrô, usa roupas fora de moda e, ele acrescentaria, é a décadence.
É, o cristianismo continua niilista.

posted by Lou @ 10:29 AM

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

3 thoughts on “Cristianismo Careta

  1. Eu bebo às vezes (vinho e cerveja), divirto-me muito e rio demais, ouço gospel e outras músicas “mundanas”, leio livros e jornais “pagãos”, uso roupas iguais a toda a gente e algumas de “marca” (griffe?)…

    Será que sou careta? Ou caretão?

    Serei mau cristão?

    Niilista, tenho a certeza que não sou porque creio no único Deus absoluto e real, Jesus Cristo.

    Abraços.
    # posted by JOINCANTO : 1/14/2006 4:52 PM

  2. Na verdade, nenhum critério humano define a questão ou se preferir, poderíamos imaginar todo o cristianismo conhecido como careta. Mas, legal mesmo, foi você ter participado.
    # posted by Luiz Henrique Mello : 1/14/2006 7:24 PM

  3. Cristo nunca foi cristão,mas o cristianismo,como disse o Lou,é careta e niilista.Carregamos muitas marcas desse caretismo.Mas com boa vontade podemos dar uma escapadinha…Em minha vida, a cada dia meus sábados ficam menores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.