A Gruta do Lou

Bom dia

Ei espere, não saia. A Gruta é aqui mesmo.

Deu-se o seguinte. Pensei grande e contratei uma empresa de hospedagem de sites da pesada. Acontece que os custos também eram da pesada e, como diria o finado Lenin, achei melhor dar um passo atrás (mais um) para, no futuro, dar dois à frente (que nunca acontecem). Assim, deixei o mega e contratei um micro (é sempre a mesma história). Agora tudo está andando em rítmo micro, lembram do que eu havia dito? Grutenses necessitam de soluções divinas megas (conversa de perdedor).

Resultado, eles estão quebrando a cabeça para colocar a minha disposição tudo que preciso para o Blog e o Site funcionarem (eu falei mil vezes pra ficar com o Blogger e boa). Devido à demora, resolvi recorrer a um antigo dispositivo que me foi enviado pelo Brabo (esse é santo mesmo, tem que ter paciência para aguentar o Lou) e deixar o Blog funcionando provisóriamente com a ajuda da Blogger (esse é o rei do provisório, tudo na vida dele é provisório).

Assim que meus novos parceiros ajeitarem a coisa toda, farei tudo voltar ao que era até dois dias atrás (pode sentar e esperar, para não cansar). Eu prometo (como se alguém acreditasse). Por enquanto vamos assim, pelo menos podemos manter nosso contato diário (conversa mole).

Claro que estou morrendo de vergonha e com a cabeça devidamente enterrada na areia (é nada, tá numa boa). Mas se quiserem me apredrejar fiquem a vontade. Uma mais, uma menos não fará diferença (como é manipulador esse cara, vixe).


Enquanto isso, aproveite o Grutablog, Loucave e Filantropia.br, além de toda a lista aí ao lado.

Share this:
Share this page via EmailShare this page via Stumble UponShare this page via Digg thisShare this page via FacebookShare this page via Twitter

1 thought on “Bom dia

  1. BOM DIA!PÔ CARA SE DECIDE!E NÓIS AQUI DE TONTO…

    Nunca é demais lembrar que isso aconteceu há exatos dois anos. No momento estamos navegando sob os auspícios do mega provedor (Localweb), bom, pelo menos até quinta feira (dia 5), desde o ano passado. Talvez consigamos ultrapassar essa barreira e fiquemos mais dois meses. Vamos ver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.