A Gruta do Lou

Blog Mateus21, Traduções e desvios

robson-ramos

Meu amigo Robson Ramos iniciou o Blog Mateus21, há pouco tempo. Sua intenção é trazer ao público informações sobre certas atividades, digamos, pouco ortodoxas que rolam nos meandros e bastidores dos palcos cristãos.

Para uma primeira apresentação, o Robson foi o diretor executivo da Sociedade Bíblica Internacional no Brasil, no período em que deu-se a tradução da bíblia para português, a partir dos originais, chamada NVI (Nova Versão Internacional). Não sei se o leitor tem idéia da tarefa. Em português, só existem duas traduções. A primeira é a tradução de João Ferreira de Almeida que morreu sem completá-la em 1691 e teve a ajuda de um pastor holandês para tanto. A segunda é precisamente a NVI, que ficou pronta em 2001, depois de vários anos de trabalho dos melhores lingüistas protestantes, no Brasil. Sobre esse trabalho e o pano de fundo que o envolveu, tenho certeza que o Robson vai escrever com detalhes em seu blog e há muito a ser dito, coisinhas que o grande público nem imagina.

Quanto a tradução NVI nenhuma dúvida, que eu saiba. É a melhor na língua portuguesa. Também, a outra era do século XVII e utilizou muito menos os originais e muito mais outras traduções, apesar das atualizações e dos esforços em mantê-la, razoavelmente, entendível.

O Robson, bem preparado como é, tem muito a contribuir com o povo cristão. Ele está preocupado com os rumos da Igreja e a questão da evangelização em tempos pós-modernos e escreveu um livro muito bom sobre o assunto, que eu tive que ler roubando, por uns dias, de outro conhecido. Mas, ele já me prometeu enviar um e o fará, certamente.

Creio que vale a pena acompanhar o Blog Mateus21. Eu o recomendo com prazer.

lousign

4 thoughts on “Blog Mateus21, Traduções e desvios

  1. sshhh!

    Cuidado. Não fique apregoando que a NVI é melhor senão os caras da Almeida Corrigida Fiel vêm aqui para inquiri-lo e condena-lo como herege.

  2. É sobre isso que o Robson tem muito a dizer. Na verdade, atrás dessas alegações, tem muita grana rolando.

    A tradução é mesmo boa. Ainda, pode ser melhor. Quando ficou pronta, algumas coisas já precisavam ser atualizadas. É a dança das traduções.

    Dependendo de quem me chamar de herege, poderá ser um grande elogio.

  3. Eu lia a NVI intereira. No gerla é minha preferida. Apenas alguns textos me soam melhor em outras. Não sei se o vício é meu ou da tradução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *