A Gruta do Lou

Bem vindo!

Segunda-feira, Dezembro 26, 2005

Tenho um amigo adepto do Blog. Já faz tempo que ele insiste comigo e com outros amigos e irmãos sobre a importância de deixarmos nossos recados, nossas opiniões, comentários e até um estudo ou mesmo uma crônica modesta, em um formato moderno e ágil como esse.

Então, decidi aderir e inicio com uma mensagem de boas vindas.

Meu propósito aqui será compartilhar minha experiência em missões, em educação teológica, teologia e em educação como um todo. Experiência acumulada em mais de 30 anos, lecionando, viajando, integrando equipes e ONGs missionárias cristãs, participando de vários congressos nacionais e internacionais enfim, lidando com pessoas, primeiro para propagar as boas novas de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo e depois como facilitador do desenvolvimento espiritual, cognitivo e físico do pessoal.

Quem me conheceu em sala de aula ou no trabalho sabe que gosto mais de provocar as pessoas à reflexão e para isso provoco o debate, desde que possa mantê-lo em nível elevado, claro.

Sempre que possível, comentarei os fatos atuais e relevantes à luz da Palavra de Deus, embora minha interpretação bíblica não seja necessariamente literal.

Peço aos visitantes não hesitarem em opinar, discordar e acrescentar sempre que puderem. Isso será oportuno e importante para o aprimoramento do conteúdo, nesse espaço.

Estou com muita vontade de fazer uma série sobre a família cristã, sua manutenção e relacionamentos com o atual sistema de vida. As implicações, os mitos, as crenças falsas, etc.

Na verdade tenho uma série de temas, em mente. Entretanto, gostaria de receber sugestões. Estou muito motivado e com um desejo imenso de levar esse projeto adiante. Aos poucos, caminharemos e, com absoluta certeza, teremos bons momentos por aqui.

Acho que é isso por hoje.

Muitas bênçãos a você leitor e amigo.

# posted by Lou @ 7:19 PM

4 thoughts on “Bem vindo!

  1. Lou, o texto sem dúvida foi muito bem escrito em três atos. Há uma mistura de realidade e fantasia.
    Mas na verdade o que senti mesmo foi uma pura decepcao por tanta falsidade em volta, por tanta manipulacao. Nao sei, se entendi direitinho como aconteceu, mas o final da sua história foi hilário. Na verdade, os alemaes dizem por aqui que quando nao se paga as contas devidas…entao a dívida tem que sair por algum lugar, de alguma forma e foi o que você fez no mundo da sua fantasia, talvez. Mas que eu dei umas boas risadas, isso lá dei.

    Bom fim de semana

  2. Georgia
    A história tem o último ato. Embora não tenha acontecido nada mais, faço algumas observações explicativas que podem ajudar no entendimento. Você percebeu a presença de um certo ressentimento, que na verdade não é só meu, mas de todos os grutenses. Nós sofremos quando somos marginalizados pelo stabilishment, quando somos preteridos por razões fúteis e esteriotipadas como se vivessemos em um eterno Reality show.

  3. Nunca havia lido esse comentário,”Bem Vindo”, já fui entrando sem convite mesmo. Quanto ao seu trabalho como facilitador espiritual, físico e cognitivo do pessoal, acho muito legal.Quanto à cognição, e a manter a discussão em nível elevado, da minha parte eu não garanto nada. Mesmo assim, estou “grutando”, a alguns dias. Aqui vai um incentivo para sua caminhada:você tem me feito pensar. Obrigada

    Esse é o objetivo, precisamente. Fazer pensar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *