A Gruta em perigo

A Gruta do Lou (blog) está na iminência de ser fechada. O motivo é o débito de hospedagem e outros gastos necessários para manutenção desse blog e mais dois (Projeto Coração Valente) e Lou H. Mello (site/blog profissional). O valor do débito está elevado.

A empresa que nos hospeda tem sido condescendente e não está pressionando. Mas isso inclui de junho de 2016 a março de 2017. No ano passado, recebemos uma doação espontânea com a qual fizemos o último pagamento. De lá pra cá, não conseguimos amortizar nada.

Em outras oportunidades parecidas, retiramos todo o material do provedor e exportamos para a hospedagem da WordPress que é limitante, pois não temos acesso direto aos arquivos. Esse processo desorganiza todo o material e sempre há perda dos documentos, seja textos ou imagens.

Então não penso fazer essa mudança toda novamente. Já estou cansado de tantas idas e vindas. Mas louvo nosso parceiro provedor que, além do serviço excelente, teve paciência nunca antes vista, nesse país.

Author: Lou Mello

Olha só, pessoal assíduo na Gruta (carinhosamente grutenses) já está careca de saber quais são as minhas graduações e tentativas de pós, etc.
Pessoalmente, não ligo muito para isso. Valorizo muito mais os meus mentores, tais como Dr. Russel P. Shedd, Dr. Zenon Lotufo Jr. e Dr. Dale W. Kietzman. Esse blog está repleto das coisas aprendidas ao longo de minha vida e isso fala por si só.
Meu espírito é missionário. Plagiando o Amir Klink, “Um homem precisa viajar… simplesmente ir ver por si mesmo”. Eu viajei bastante e ainda pretendo viajar. Quem sabe não serei portador de boas novas por aí, mais um pouco?
Atualmente, continuo acalentando o Projeto Corações Valentes, embora ele não tenha vingado ainda. Sinto falta do meu filho Thomas que, através de seu sofrimento, me deu essa ideia, antes de partir para a próxima dimensão.
Além de ter lecionado (Ef. Física e Teologia), ensino organizações não lucrativas cristãs a fazer amigos para ter sustento e, também, tento ajudar as pessoas a crescerem através da mudança comportamental. Sonho, ainda, treinar professores em prática de ensino, quem sabe…
A Gruta surgiu como a forma ideal para a prática de algo que sempre gostei muito de fazer, ou seja, escrever e me livrar dessa coisa interior que pressiona meu peito com potencial para me matar.
Também gosto música, literatura em geral, educação e astronomia (minha segunda paixão secreta, Ih falei).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *