A Gruta do Lou

Agenda de salvação

O que esperar para o ser humano caído? A prisão, um bom e velho asilo, as ruas, talvez a morte? Uma grande característica cristã, se não a maior, é esperar sempre o melhor a si mesmo e ao próximo.

O apóstolo Paulo, em um arroubo espiritual, disse aos Efésios: “Nele, digo, em quem também fomos feitos herança, havendo sido predestinados, conforme o propósito daquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da sua vontade;”. Sei que isso soa muito ao gosto de Calvino, mas não posso desejar menos a ninguém.

Fomos predestinados à salvação e quando olho um ser humano maltrapilho preciso me lembrar disso. Mesmo eu, quando me vejo destroçado e desesperançado, necessito lembrar minha agenda de salvação.

Os pobres, os doentes, os africanos, nordestinos, afegãos, endividados, esquecidos, etc., têm a mesma agenda. A salvação está a espera deles e, se desejo seu bem, não posso almejar menos do que lhes está disposto.

Pastorear se trata disso, abraçar os sofredores e lembrar-lhes o que lhes está previsto. É, também, um ato de fé, sim, pois inclui certeza das coisas que não se vêem. Para uma pessoa em desespero, poucas coisas poderiam humilhar mais do que uma atitude desacreditada ou incrédula quanto ao seu futuro.

Melhor ainda, é saber que essa agenda tem a chancela divina. Dentre tanto desconhecimento a respeito de criador, sabemos isso: sua vontade para nós é nada menos do que nos salvar.

OPS: Hoje é o dia em que comemoramos a independência de nosso país. Não sei por que nesse dia há um desfile militar, quando o povo deveria ganhar as ruas e desfilar sua liberdade. Enfim…

Share this:
Share this page via EmailShare this page via Stumble UponShare this page via Digg thisShare this page via FacebookShare this page via Twitter

4 thoughts on “Agenda de salvação

  1. Lou…faz anos que eu não tenho nem uso agendas…faço anotações num quadro negro…

    Para a salvação, a anotação está em outra agenda, a celestial e seu nome está lá.

  2. Por que a liberdade não existirá enquanto um ser humano estiver assentado um degrau acima de outro.

    Ainda bem que, diante de Deus, não temos essa hierarquia (ainda que alguns sempre tentem estabelecê-la)

    Isso me lembra a história da trindade aqui

  3. Eita, esse tal de Paulo quando em vez dava umas dentro, no mais, ele só dava fora…literalmente e em todos os sentidos…rs.

    Fiquei triste em ver a condição de meu povo nordestino estar na mesma lista da condição dos afegãos, africanos e etc, mas pensando bem e deixando rolar todo o orgulho por água a baixo, tá certo, ou talvez ainda errado, pelo menos na África e no Afeganistão eles não têm que trocar a grana de seu alimento para sustentar marmanjo metido a ídolo que fala; e pensa que tem procuração de Deus!

    Sem dúvida estava mirando nos nordestinos invisíveis do sertão, do agreste e da seca.

  4. Oxe menino, os nordestinos invisíveis do sertão, do agreste e da seca são meu povo também…e como são!

    Sem dúvida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.