A Gruta do Lou

A volta de Jesus à Terra

biblioteca-mindlin-top José Midlin - Bibliófilo

Aproveitando o gancho deixado pelo Paulo Brabo no post “O Jesus Terreno e o Cristo Extraterrestre” , lembrei-me de Atos dos Apóstolos sendo batizado de Atos do Espírito Santo por J.Herbert Kane, em seu excelente livro sobre missões: Christian Missions In Biblical Perspective, um daqueles que adquiri lá na livraria do Seminário Batista do Sul, em Louisville, Kentucky, imaginando o dia em que coordenaria aulas de missões com meus alunos no Brasil, enquanto aguardaria a volta de Jesus à Terra. Esse livro faz parte de meu acervo, que hoje, não passa dos quinhentos livros.

Em determinada época, comecei a me achar um grande intelectual, pois detinha cerca de mil e quinhentos livros em minha biblioteca pessoal. O Julio Zabatirero, me disse que tinha uns três mil, nessa época. Daí conheci o Zenon, que só na biblioteca de casa, tinha mais de doze mil títulos. Sem falar no Patch Adams com uma biblioteca de dezoito mil títulos, na do Brabo que deve ter por aí e o campeão, o José Midlin com mais de trinta mil livrinhos em casa. A minha diminuiu porque o Pai de todos nós resolveu atender meus reclames por uma vida sem falsos orgulhos e me deixou à míngua, sendo eu obrigado a vender meus livros especiais aos infectos sebos de Sorocaba.

Em seu ministério missionário terrestre, Jesus chegou a mencionar aos seus discípulos que ele iria partir e que em seu lugar assumiria um cara com nome esquisito, um tal de Espírito Santo. Imagino a perplexidade dos fieis seguidores do Mestre, diante dessa afirmação. E não é que ele fez exatamente o que prometeu. Eita cara batuta esse nosso Jesus, não é mesmo? Se fosse eu, isso jamais viria a acontecer, como as tais aulas de missões na perspectiva do Kane. Até tentei dar inicio lá no “Seminário Jovens da Verdade”, mas percebi que o trabalho de base era mais necessário e deveria ocupar o nosso tempo, prioritariamente.

Como diz o Patch, antes de mais nada, a tarefa educativa deve dedicar-se a ensinar os alunos a pensar, condição “si ne qua non” para qualquer acréscimo via aprendizado. Pelo jeito, até hoje, não se pensa por lá. Jesus deve ter tido esse problema com aquelas antas que ele chamou para acompanhá-lo em seus dias terráqueos. Dalí, só sobraram Pedro e João e, mesmo assim, os caras não conseguiram levar a missão adiante. Foi preciso terceirizar a tarefa contratando o discutível e infiel Paulo para fazer o serviço.

Assim a tarefa missionária, como me disse o meu amigo Pr Wagnor de Azaré, hoje cedinho (ave!), o trabalho de vendas (segundo ele evangelização é ” vendas” para a Igreja) passou a ser coordenada pelo Espírito Santo, enquanto nosso Jesus tornara-se um Cristo extraterrestre. Passado algum tempo, uns dois mil anos apenas, os sacerdotes resolveram assumir o comando e, através da propaganda, sacramentaram o livro de Atos como o livro dos Atos dos Apóstolos e, pouco a pouco, foram se autodenominando Apóstolos, começando com o Papa e chegando até o Estevan Hernandes.

Coube ao Espírito Santo voltar os olhos para os dissidentes, como euzinho aqui, e tentar a inglória e real missão impossível de nos levar a perceber suas diretrizes, através de contatos telepáticos de segundo grau, afinal nós somos gênios do progresso espiritual e a comunicação por telepatia é um dos nossos pontos fortes. Problema é, como ensinou John Bunyan naquele seu livrinho desconhecido, um tal de “O Peregrino”, depois de caminhar a vida inteira pela senda cristã com um saco monstruoso de dúvidas nas costas, descobrimos que nem o som de nossas próprias vozes éramos capazes de discernir. Nesse vácuo de verdadeiros missionários cheios do Espírito Santo, vieram esses vermes que aí estão sob o codinome de bispos e apóstolos.

Enquanto isso, Cristo o extraterrestre, assiste tudo sentado em seu lugar privilegiado e merecido à direita do Pai, e imagino que com muitas lágrimas a rolar por suas faces, onde se vê, até hoje, as cicatrizes de sua passagem pela terra. Com certeza ele pede, todos os dias, que o Pai lhe permita trocar de lugar com o Espírito Santo e possa reassumir o comando da missão, novamente, como Jesus terrestre e encarnado. Claro está que ainda não logrou êxito nesse intento.

Capricornio PB

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

11 thoughts on “A volta de Jesus à Terra

  1. Lou, como é que se ensina gente a pensar, é aquela coisa lá do tal Sócrates, parto de idéias, é por aí? Ou tem algum método melhor que eu desconheço? Porque eu lido com cada gente cabecinha…estou preocupada porque isso pega. Quanto ao seu texto em si, lamento não poder opinar, nunca consegui entender essa história de santíssima trindade. Me ensine a pensar nisso.

  2. Bete
    Em minhas humildes peregrinações por esse planeta, tenho ajudado as pessoas a pensar não pensando por elas e dando-lhes a chance de chegar às sua próprias conclusões, a seu tempo e modo. Quanto à santíssima trindade, sinto muito, você precisará perguntar a algum apóstolo ou bispo de plantão. Costumava brincar com meus alunos, no seminário, escrevendo os três nomes (Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo) no quadro magnético (quando havia um) e perguntando aos energumenos, qual era o mais importante dos três?

  3. Minha paupérrima Biblioteca – se é que pode se chamar aquilo de Biblioteca – conta com cerca de 200 livros, inclúidos os sessenta e poucos da Bíblia e os outros que pego nas Bibliotecas Públicas e renovo indefinidamente.

  4. Alysson
    Meu velho professor de Introdução à Filosofia o Pr. Irland Pereira de Azevedo costumava dizer que cada livro em nossa biblioteca deve ter um significado. Um foi trocado por uma sola de sapato, outro foi uma lata de leite Ninho que não comprei quando a criança gritava de fome, outro foi surrupiado da biblioteca da faculdade e assim por diante. Palavras dele.

  5. Caro Lou,

    veja como a telepatia funciona: esse é o tema do momento. É verdade a internetpatia ajuda nisso.

    Mas o fato não muda Jesus se foi, embora… os dissidentes insistem em buscá-lo obistinadamente aqui. E provar que também nesse planeta existe vida inteligente.

    Abrçs fraternos,

    Roger

    PS: Isso prova que só nos dois levamos a sério o descanço sabático! : )

  6. Caro Alysson e Lou,
    pensemos que depois do Domínio Público, nossos recordes bibliotecários são imbatíveis.
    Pra quê juntar papel se posso juntar Megabytes?
    Minha desculpa para “livrar-me dos meus livros” foram as várias mudanças. Aja peso!
    Abrçs

  7. Roger
    Jesus veio e cumpriu a missão dele nos liberando para andarmos com nossas próprias pernas (o software original) e livres da lei e dos dogmas que se seguiram, com responsabilidade, claro. Mas nós adoramos uma leizinha.
    De fato, estamos aqui fiéis ao sabat.
    Quanto aos livros, temos uma compulsão adicta incurável que a Internet não será capaz de curar: cheirar livros.

  8. Aprecio cada vedz mais a sua teologia de quintal…

    Estás a ficar mais apurado…

    E menos magoado (=) ?

    God bless you.

    T.

  9. Espero que a volta de Cristo não seja tão confusa quanto a ida da Gruta que deixou e voltou a ser não como era antes. Lou a Gruta… A gruta do Lou… Do Lou a Gruta…

    Ufa… Sola Gratia e uma montanha de livros em forma de cama para dormir o sono dos justos e injustos.

    Graça, paz e bem!

  10. Edemir
    Antes de mais nada peço-lhe perdão por qualquer transtorno causado com tantas mudanças.
    Talvez você queira saber que isso se deve a essa mania inexplicável que os serviços de hospedagem têm de cortar os serviços quando nossa conta não é paga. Não nego a eles esse direito, mas me dou o direito de mudar de servidor, todas as vezes que um deles corta o fornecimento de hospedagem à Gruta, seja do Lou ou não. Isso sempre requer uma trabalheira louca e alguns dias de solavancos. Para não deixar os leitores na mão, dispomos de dois mecanismos de segurança: 1) A Gruta do Lou 2 e 2) A Gruta do Lou em Blogger;
    Assim quando cortam nossos serviços podemos continuar nosso trabalho na ordem acima, até que os serviços no blog principal sejam restabelecidos. Pena que Jesus não tenha um servidor que pudéssemos utilizar, certo? Ah! Se eu pego aqueles cretinos que mandaram o Mestre de volta para o céu…
    Muita paz e graça para você também.

  11. Já tive muitos livros,mas além de dar vários,perdi muitos outros.
    Biblioteca?Bem a Bíblia é uma biblioteca.Tenho muito poucos livros que guardo comigo hoje.Gosto de ler,mas din-din que é bom tá difícil,dá pra comprar bem pouco.Vamos nos virando com a Net,fazer o que,Lou?Cheirar?
    Bem,quanto a Jesus querer voltar,acho que Ele sente até cócegas em ver como as coisas estão por aqui.Não por imcompetência do Espírito Santo,mas por nossa culpa mesmo.

    Não creio que Jesus seja tão tolo em cometer o mesmo erro duas vezes. Se bem que às vezes tenho a sensação de vê-lo me espreitando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.