A Unimed Sorocaba nos deixou na mão, nesse caso.


No final das contas, ou frigir dos ovos, como diria meu pai, a Unimed Sorocaba tirou o corpo fora da consulta do Thomas com o Dr. José Pedro da Silva. A consulta será no consultório particular dele, dia 21 de junho, e foi sugerida pela esposa dele, Dra. Luciana Fonseca, também cirurgiã em cardiopatias congênitas na Beneficência Portuguesa. A consulta particular tornou-se necessária para encurtar o tempo, pois quando você tem um cardiopata congênito, com uma cardiopatia ultra complexa como a de nosso filho, qualquer segundo é extremamente importante. Se fossemos pelas vias normais a equipe do Hospital, talvez, fizesse o caso chegar ao Dr. J. Pedro, ou não, pois ele não é o único cirurgião lá, imagino. Fora o tempo que poderia demorar em chegarmos a tanto, se não me engano.

A Unimed Sorocaba, através da funcionária responsável, me comunicou, esta manhã, que reembolsarão as despesas de viagem, não segundo o valor a ser gasto, mas conforme o que eles estabelecem para esses casos, ou seja, cobrirão passagens de ônibus para o segurado e um acompanhante, somente. O crédito deverá ser feito em até trinta dias a contar da data da consulta. Creio que todos nós devemos ter em mente o seguinte: Planos de Saúde são negócios com fins lucrativos e, evidentemente, não têm coração, muito menos quando o seu problema é o coração, desculpe a redundância. Nesses casos, também conta o mito “gastar o mínimo possível para lucrar mais”. Acho que o Steve Jobs nunca teve um pensamento desses passando pela mente dele.

Enfim, resta dizer, com uma ponta de esperança de que chegue aos ouvidos de alguém dessa empresa cheia de ganância, o fato de termos consciência das regras determinadas pela ANS (Agência Nacional de Saúde) que regula esses “planos”. Entre elas, há uma rezando que, nesses casos, o plano deverá liberar o pagamento da consulta, inclusive em consultório particular, em caráter imediato, independente de carências ou outras restrições impostas pelo plano. Não sei se exercerei esse direito de alguma forma. Estou cansado, nesses vinte e quatro anos temos brigado muito com planos de saúde, hospitais, médicos, enfermeiras e seguranças de hospitais e clínicas. Evidentemente, há muitas pessoas que merecem nosso maior respeito e admiração, mais a nossa gratidão eterna.

Resta informar a existência de algumas pessoas com desejo de nos apoiar e, geralmente, preferem fazê-lo anonimamente. Por isso preciso divulgar, como puder, o custo das providências necessárias ao tratamento de nosso filho. Isso possibilita a essas pessoas contribuir democrática, voluntaria e anonimamente. Elas clicam no Anjinho Azul, aí do lado direito, entram no site do Projeto Coração Valente, clicam no botão “Contribuir” e contribuem com quanto desejarem. O custo dessa empreitada deverá ser de R$ 700,00 com a consulta mais despesas.

Nosso plano é ir com nosso carro, que é bem econômico, Thomas, Dedé e eu (o motorista). Daqui a São Paulo, ida e volta, passaremos por cinco pedágios. Diferente do que se propõe a Unimed de Sorocaba, claro. Nós já recebemos uma primeira contribuição no valor de cerca de 1/3 do necessário. Na maioria das vezes nós não recebemos contribuições capazes de cobrir o valor total necessário, mas já aconteceu, como em 2007, quando o Thomas passou por uma grande avaliação protagonizada pelo pessoal do INCOR. Nesses casos, as sobras ficam no caixa do Projeto e são utilizadas para cobrir as despesas normais do projeto. Como pai, mesmo com minhas impotências financeiras, trato de fazer das tripas coração e levar adiante o que for preciso, independente das contribuições. Algumas vezes consigo outras não. Há tanto a fazer e não tenho conseguido boa parte disso. Somos muito agraciados por Deus e seus caprichos milagrosos, com ou sem nossas preocupações e tudo isso deve estar sob o controle dele, creio.

Estamos cientes que a consulta gerara outros desdobramentos. Alguns deverão ser cobertos pelo plano de saúde e outros, eles se esquivarão, devendo ficar por nossa conta. Quanto a isso, continuarei a divulgar conforme for acontecendo, em que pese o ônus embutido nessa decisão.

Desde já agradeço de todo o meu coração, e sei que falo também pelo Thomas e toda a família, por todas as ações em favor de nosso filho, não só as contribuições, sobretudo as orações, preocupações, interesse e a torcida dos nossos amigos.

Um beijo a todos, nas carecas e perucas.

Lou Mello


1 thought on “A Unimed Sorocaba nos deixou na mão, nesse caso.

  1. O pior é que conceitualmente a Unimed não é empresa voltada para o lucro e sim, uma cooperativa de médicos com o fim de facilitar a relação médico-paciente… acredite, se quiser. Mas segue firme pois sinto que essa consulta será um marco na vida do garoto. Abs

    É, perderam uma boa oportunidade de fazer a coisa certa. Nós iremos em frente, sem dúvida. Também cremos que essa consulta terá essa importância sim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *