A Gruta do Lou

A mentira nossa de cada dia

Julia Roberts

19º dia do Jejum pró abertura dos comentários na Bacia das Almas.

Putz, estava escrevendo o post da vida e a luz apagou. Não sobrou nada. Que droga! Era um post lindo, sobre a assertividade. Falava mal do Lula e avacalhava a D. Erotildes, uma solteirona que ficava excitada quando a molecada encostava nela e, para disfarçar, ela bancava a durona.

Queria ter o dom de falar a verdade, na lata e com carinho, sem perder a ternura, jamais. Sabe, quando você quer jogar a namorada na água e ela te encara e diz:

– Eu estou menstruada.

Pode ser a coisa mais normal do mundo, mas a primeira vez que a gente escuta essa frase acontecem coisas inexplicáveis conosco. Papagaio! Assim é a verdade, causa sensações loucas nos ouvintes.

Já imaginaram se alguém chegasse para você e dissesse:

– Você tem câncer terminal. Não vai durar mais do que seis meses? É um linfoma bravo.

De outra forma, o telefone tocasse e a voz do outro lado dissesse:

– Lou, tá sentado? Escolheram o Ed para representar a Igreja brasileira lá nos EUA.

– Puxa que boa notícia!

-Vai deixar de ser quando você descobrir que o preterido foi você.

Me lembro quando o Jaime Kemp me chamou e disse:

– Conforme sua orientação, decidimos nomear um diretor para os Vencedores por Cristo (os caras acreditavam naquela bobagem de direção colegiada).

Não sei por que, por um momento, achei que eu seria o escolhido e o Jaime continuou,

– O novo diretor da Missão será o Luiz (mais suspense)… Caseira.

Caraca, não era eu. Fiquei com a maior cara de tacho, pois já estava com cara de vencedor.

Pensando bem, esse negócio de assertividade não está com nada. Ainda bem que a luz apagou. Vocês não iam gostar nem um pouco e me castigariam com mais um dia sem comentários. Sabiam que quando meus posts não são comentados eu preciso ser internado? É, sobe a pressão, tenho sudorese, diarréia, vômitos em jato e tremores. Vocês acabarão me matando.

Fato é que poucos apreciam a verdade. Agostinho era um louco. Queria a verdade. Jesus, aquele Filho de Deus utópico, se achava a própria verdade. Que prepotência. A única verdade é a mentira. Sempre presente. Verdade mesmo seria eu lhes dizer o quanto sou não confiável. Mas ninguém acreditaria, mesmo. Então para que perder tempo?

Como é bom viver em um mundo verdadeiro como o nosso. Não é mesmo? Enquanto voltava de S.Paulo, nessa noite, compulsoriamente seqüestrado pela Viação Cometa, duas moças conversavam em altos brados atrás de mim, de tal forma que não pude deixar de ouvi-las durante toda a viagem. Tirando a parte impublicável, o resto era tudo mentira. Como pode? Mas estou falando a pura verdade.

Sabe o que eu ouvi, dia desses? Um louco dizendo que toda essa história de buraco na camada de ozônio, desmatamento, queimadas, etc… diz respeito ao fato de muitos seguimentos de mercado entenderem que a ecologia está produzindo um mercado muito interessante, melhor que os evangélicos. Pode? Já pensaram que tudo isso possa ser argumentos para levá-los a consumir um monte de coisas, das quais você não tem nenhuma necessidade?

É isso aí, se fosse para ficar dizendo a verdade o tempo todo, Deus não tinha inventado a mentira. Aliás, uma mentirinha dita na hora certa, pode ser um grande remédio.

Powered by ScribeFire.

7 thoughts on “A mentira nossa de cada dia

  1. Lou o fato é: a mentira só existe por causa da ausência da verdade, assim como o escuro existe por causa da ausência de luz…e assim vai.
    Mas eu concordo com vc, às vezes uma outra maneira de se dizer às coisas, acalma tempestades.
    Ah!!! E o fato de vc nunca ter comentariso por aqui todos os dias, é que eu nao entro aqui todos os dias. Senao fico escrava disso.

    Grande abraco, boa semana

  2. Iiiiiii Lou…já me ferrei (e me ferro) muito com essa história de dizer verdades. Mentir, não consigo, mas calar a boca é bem prudente…hum quase faço um maltrapilho ,hrãhrãa, trocadilho. Putz tchau Lou , to piorando…kkkkkkkkk
    Você é uma figura. Tô com saudade já falei!
    bjk
    🙂

  3. Que porcaria de post, Lou!!! Não tinha coisa melhor pra escrever, não??? Então, põe só a foto da Julia e pronto!

    Ha, ha, ha!!!! Mentira!!! Levou susto, levou?
    Este foi o melhor post que vc já escreveu!!! LChorei de tão emocionado!!! Devia ser leitura obrigatória na Câmara e no Senado!!!

    Ha, ha, ha !!!! Mentira!!! Peguei vc de novo!!!
    Se bem que, pensando bem, até que a idéia da leitura obrigatória é boa!!!
    Que nada, deixa pra lá…

  4. Maiorrrr identificação:

    “Vocês não iam gostar nem um pouco e me castigariam com mais um dia sem comentários. Sabiam que quando meus posts não são comentados eu preciso ser internado? É, sobe a pressão, tenho sudorese, diarréia, vômitos em jato e tremores. Vocês acabarão me matando.”

    UAHSuhasahusha

    Abraço’s

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *