A Gruta do Lou

A Chama Eterna

Fogo Eterno

 

“Onde está o maior dos meus problemas, ali está também a maior de todas as chances, ali está também meu tesouro. É ali que entro em contato com minha verdadeira essência. E é ali que alguma coisa poderá ganhar vida e desabrochar.”

Anselm Grun in “O céu começa em você” – Editora Vozes

Durante muitos anos, quando era um menino, ainda, o caminho do mar passava rigorosamente por Cubatão, cidade que ganhou o noticiário como o local mais poluído do mundo. Nem sempre foi assim e, agora, melhorou bem.

Em Cubatão funciona uma usina hidrelétrica e duas outras grandes companhias: uma siderúrgica e uma refinaria de petróleo nacionais. O símbolo desse complexo é uma chama, que podíamos ver e por ela nos orientar nas noites de neblina intensa, enquanto viajávamos pelo caminho sinuoso entre as montanhas da Serra do Mar.

Não tinha ideia do que era aquela linda chama, parecia desperdício, até. Nos tempos de Ginásio Vocacional, em um estudo do meio, visitamos o complexo e um dos engenheiros nos contou a história. Quando a refinaria foi construída, apareceu um grande vazamento de gás. Ninguém conseguia eliminá-lo ou estancá-lo devido ao risco de explosões. O gás, muito forte, não era próprio ao consumo doméstico e o custo para levá-lo às indústrias paulistas era proibitivo. Não resolver o problema poderia inviabilizar o projeto como um todo. Foi aí que apareceu um encanador, que fazia parte de uma das equipes de construção, com uma ideia simples: Por que não canalizar o gás por uma torre alta e queimá-lo, dia e noite, até sua completa extinção. Na falta de outra sugestão melhor, a ideia do encanador foi realizada e o problema eliminado com um ganho inestimável com a chama eterna. Se é verdade ou não, pouco importa para nós. A chama existia e sou testemunha desse fato, e essa história é um lindo exemplo de como reverter um problema em solução.

Quando nos vimos diante do maior problema de nossas vidas, pensamos em muitas coisas, mas a melhor ideia, nos pareceu, foi transformá-lo em uma força propulsora de algo capaz de mudar, salvar e consolar vidas, até onde isso fosse necessário e possível.

Como ensinou C. S. Lewis no excelente “O problema do Sofrimento Humano”: o sofrimento é o megafone de Deus.

Estamos entrando em contato com a nossa essência, através de nossa missão e ouvindo a voz de Deus que fala o tempo todo sem cessar a nos orientar. Cremos que assim, alguma coisa vai ganhar vida e desabrochar, se não me engano.

Capricornio PB

Share this:
Share this page via EmailShare this page via Stumble UponShare this page via Digg thisShare this page via FacebookShare this page via Twitter

3 thoughts on “A Chama Eterna

  1. Lou, estou tentando até agora fazer alguma coisa boa com o rescaldo do incendio que vivi, mas ou estou sem criatividade , ou não dá mesmo pra aproveitar nada…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.