A Gruta do Lou

Passa de mim esse cálice

Jesus ora no Getsemani

Ouvi e reproduzo um comentário inacreditável.
Quando Jesus estava sofrendo no Getsêmani, ao orar: “Senhor, se possível, passa de mim esse cálice”, sua grande preocupação seria em não fazer sofrer quem Ele mais amava, ou seja, seu Pai Celestial. Certamente, Jesus sabia o quanto sua cruz doeria no Pai.
Não acredito. No mínimo, Ele estava arrumando um jeitinho para sair daquela encrenca.

# posted by Lou @ 10:14 PM

Capricornio PB

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

9 thoughts on “Passa de mim esse cálice

  1. Ah – interessante e não inteiramente inconcebível. Na hora do desespero passam trezentas coisas na nossa cabeça. A tentação de “poupar o Pai” pode ter sido a Última Tentação.
    # posted by Paulo Brabo : 1/27/2006 7:03 AM

  2. SIm é pura verdade eu as vezes eu não entendia o que ele queria dizer nesse versiculo.mais isso que eu lir me ajudou a saca o que era.
    um salve fica na graça e na paz do senhor.
    # posted by walberbrowne : 1/28/2006 10:18 AM

  3. Acredito na segunda hipótese. Pois Ele era homem também. Sabia da dor e do sofrimento que o esperavam. E o Pai já esperava porisso, não sem dor, mas já esperava.

    Por isso doeu mais, ele não queria magoar o Pai.

  4. Aí Lou, valeu por esse comentario irmão, mas não acredito nessa sua visão dos acontecimentos.
    Pois o nosso Senhor JESUS veio a esse mundo já sabendo de sua missão e quando Ele diz …se possível for, passa de mim este calice, acredito que Ele estava dizendo assim : Pai se possível afasta de mim a possibilidade de ficar longe de Ti ( por causa do pecado da humanidade que estaria sobre Ele )ainda que fosse por alguns segundos… Jesus não queria ficar longe do Pai.

    Obrigado por sua visita e comentário. Tudo bem, isso é muito bom e ajuda a evitar que isso se transforme em algum tipo de doutrina. Foi só uma sugestão, mas já passou. Volte sempre. Valeu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.